Grupo Premier

oBlog GP

imagem04-03-2022-22-03-39

Três americanos levam o Nobel de Economia • OEconomista

Compartilhar Notícias

Três americanos levam o Nobel de Economia

Autor: O Economista – 15 de outubro de 2007

Os economistas norte-americanos Leonid Hurwicz, Eric Maskin e Roger Myerson ganharam nesta segunda-feira o Prêmio Nobel de Economia, por criarem as bases de uma teoria que determina quando os mercados estão funcionando de forma eficaz.

Hurwicz, 90 anos, cidadão norte-americano de origem russa, torna-se o mais idoso laureado com um Nobel na história. A Real Academia Sueca de Ciências disse que os três estabeleceram a teoria do desenho de mecanismos, que examina a eficácia da alocação de recursos por diferentes instituições e se a intervenção governamental é necessária.

Hurwicz foi o pioneiro nesse campo, aperfeiçoado por Maskin, da Universidade Princeton, e Myerson, da Universidade de Chicago, segundo a explicação da Academia. Nascido em Moscou no ano na Revolução Bolchevique (1917), Hurwicz é professor-emérito da Universidade de Minnesota, em Minneapolis. Os economistas vão dividir um prêmio de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,57 milhão).

Segundo a Academia, a teoria do desenho de mecanismos desempenha atualmente um papel central em muitas áreas da economia e partes da ciência política.

“A clássica metáfora de Adam Smith sobre a mão invisível refere-se a como o mercado, sob condições ideais, garante uma alocação eficiente de recursos escassos. Mas, na prática, as condições normalmente não são ideais. Por exemplo, a competição não é completamente livre, os consumidores não são perfeitamente informados e a produção e o consumo desejáveis privadamente podem gerar custos e benefícios sociais”, explicou a nota.

Eric Maskin nasceu em 1950, em Nova York, e doutorou-se em 1976 em Matemática Aplicada por Harvard. Atualmente leciona Ciências Sociais no Instituto de Estudos Avançados de Princeton.

Roger Myerson nasceu em 1951, em Boston. A exemplo de Maskin, tornou-se PhD em Matemática Aplicada por Harvard em 1976. Atualmente, ocupa uma cátedra em Chicago.

O Nobel econômico não é parte da lista original de prêmios estabelecida no testamento do inventor da dinamite, Alfred Nobel, em 1895. Ele só surgiu em 1968, e é originalmente chamado Prêmio Sveriges Riksbank (Banco Real Sueco) de Ciências Economicas em Memória de Alfred Nobel.

“Hoje, a teoria do desenho de mecanismos tem papel central em muitas áreas da economia e partes da ciência política”, disse. “A teoria tem ajudado os economistas a identificar mecanismos comerciais eficientes, esquemas regulatórios e procedimentos de votação”.

Confira os vencedores do Nobel de Economia dos últimos 10 anos:

2007: Leonid Hurwicz, Eric Maskin y Roger Myerson (Estados Unidos) 2006: Edmund S. Phelps (Estados Unidos) 2005: Robert J. Aumann (Israel/Estados Unidos) e Thomas C. Schelling (Estados Unidos) 2004: Finn E. Kydland (Noruega) e Edward C. Prescott (Estados Unidos) 2003: Robert Engle (Estados Unidos) e Clive Granger (Grã-Bretanha) 2002: Daniel Kahneman (Estados Unidos/Israel) e Vernon L. Smith (Estados Unidos) 2001: George A. Akerlof (Estados Unidos), A. Michael Spence (Estados Unidos) e Joseph E. Stiglitz (Estados Unidos) 2000: James Heckman (Estados Unidos) e Daniel McFadden (Estados Unidos) 1999: Robert Mundell (Canadá) 1998: Amartya Sen (Índia)

Fonte: http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200710151118_AFP_48408211

Comentários

Ainda não há nenhum comentário para esta publicação. Registre-se ou faça login e seja o primeiro a comentar.

Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda
Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda

Fonte: www.oeconomista.com.br/tres-americanos-levam-o-nobel-de-economia

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram