Grupo Premier

oBlog GP

Precificação De Produto: 4 Dicas Infalíveis Para Não Ter Prejuízo

Precificação De Produto: 4 Dicas Infalíveis Para Não Ter Prejuízo | Ecommerce na Prática

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Presta atenção aqui: você está perdendo MUITO dinheiro se estiver fazendo a precificação de produto do jeito errado! 

Uns centavos a mais ou menos, sem um objetivo e uma estratégia de vendas por trás pode gerar prejuízos irreversíveis…

Mas o que é preciso fazer para precificar os produtos do jeito certo?

Leia este artigo até o fim e conheça 4 dicas INFALÍVEIS para você precificar o seu produto e não ter prejuízo no seu negócio… 

imagem20-04-2022-20-04-21
imagem20-04-2022-20-04-21

Clique aqui e garanta agora mesmo o Ebook GRATUITO de Precificação Inteligente e aprenda a precificar do jeito certo.

No vídeo abaixo, a Babi Tonhela, sócia e CPO do Ecommerce na Prática, dá dicas para precificar os produtos do jeito certo. Assista: 

Índice:

Em primeiro lugar, qual o seu objetivo na Precificação de Produto?

É muito importante que você tenha um objetivo muito claro na precificação de produto. 

Se você ainda não tem um objetivo definido, vamos mostrar dois caminhos que podem ser seguidos de acordo com as suas metas. 

Esses dois caminhos são: precificar para ter volume ou para ter lucro no negócio. 

Suponha que o seu objetivo seja ter um bom volume de vendas no Ecommerce. Para aplicar essa estratégia do jeito certo, é necessário calcular um preço competitivo para o seu produto

Mas não adianta apostar no volume de vendas sem ter a estrutura adequada para sustentar a quantidade de clientes… 

Neste caso, você estará cometendo um erro que poderia ser evitado… 

Por outro lado, caso você aumente a margem de lucro do produto para um valor bem acima da média do mercado, as vendas vão ser bem menores. 

De qualquer forma, o dinheiro estará entrando no seu negócio, só que de uma forma mais lenta… 

“Ah, mas não existe uma estratégia no meio termo para precificar os produtos?”

Existe sim! 

O ideal é que você faça a precificação de produto pelo valor de mercado!

Dessa forma, você consegue entrar na competição de vendas com os seus concorrentes, mantendo um preço justo para aquele momento. 

Entendendo isso e escolhendo a melhor estratégia para alcançar as suas metas, vamos às 4 dicas para você precificar o seu produto e não ter prejuízo.

1- Defina os custos do produto

Além do preço e da matéria prima que você utiliza para ter esse produto, você também tem outros custos que precisam ser incluídos na hora da precificação de produto. 

Os custos são: 

  • Frete;
  • Impostos;
  • Comissões;
  • Taxas de cartão de crédito;
  • Taxas de parcelamento;
  • Custo de produção. 

Então, a ideia é que você dilua todos os seus custos no preço do seu produto. 

Os custos fixos do seu negócio como, por exemplo, aluguel, internet, conta de luz e água, também devem ser mapeados, mas devem ser pagos pelo seu negócio!

Você não deve incluir os custos fixos para não deixar o produto muito caro… 

Você pode estar se perguntando: e como consigo pagar os custos fixos?

Você terá que traçar uma meta de número de produtos a serem vendidos no mês, para suprir esses custos da empresa e também ter LUCRO!

Leia também: Como fazer Precificação de Produtos [Formação de Preço]

2- Entenda a Demanda do Produto

Antes de precificar os seus produtos, você precisa entender qual é a demanda dele no mercado… 

Por exemplo, se já existe uma grande demanda no mercado, com várias empresas ofertando o mesmo produto que o seu, não faz sentido vendê-lo mais caro.

Para ser competitivo, o melhor é manter o preço do produto na média do mercado, além de acrescentar alguns benefícios para os clientes.

Desta forma, você consegue se destacar em meio à concorrência. 

Mas se você tem um produto com uma demanda X e ele tiver pouca oferta no mercado, isso significa que existe uma escassez a seu favor. 

Logo, você pode cobrar mais caro pelo produto! 

Para isso, é FUNDAMENTAL que você fique de olho na sua concorrência.

Você precisa estudar o mercado e entender o que a sua concorrência está fazendo. 

Estão jogando o jogo do volume ou da lucratividade? Quais as mudanças e inovações que eles estão aplicando no negócio?

Fique atento a todos esses detalhes! Mas vale ressaltar que, não é para COPIAR o que eles estão fazendo… 

É apenas para entender a movimentação e se inspirar em casos reais quando for interessante para o seu negócio.

3- Kit de produtos

Sabe quando falamos que existem formas de se destacar da concorrência? Montar Kits de produtos é uma dessas formas de se diferenciar e elevar o ticket médio da sua empresa.

Quando monta um kit, você oferece uma solução única para o cliente, podendo cobrar a mais por isso. 

Nós encontramos muitos exemplos de kits de produtos dentro do Mercado Livre, pois é uma maneira que o vendedor encontrou do cliente comprar mais produtos e ainda garantir o frete grátis em compras acima de 79 reais. 

Veja alguns exemplos de kit: 

imagem20-04-2022-20-04-24
imagem20-04-2022-20-04-24

4- Calcule a Margem de Contribuição

Nós observamos que um índice de precificação muito usado é o Markup, mas precisamos informar que ele pode trazer prejuízos para o seu negócio… 

O cálculo do Markup não leva em consideração diversos custos que envolvem o seu produto e isso acaba prejudicando o lucro… 

Por isso, a melhor maneira é calcular a Margem de Contribuição do seu produto! 

Dessa forma, você consegue privilegiar os custos fixos e variáveis, além de colocar uma margem sobre isso. 

Temos um vídeo no canal do Ecommerce na Prática ensinando como fazer esse cálculo. Assista: 

Mas não adianta fazer esse cálculo se você não tiver todos os custos fixos e variáveis na ponta do lápis. 

E é aqui que entra o pulo do gato: a plataforma de vendas online Olist!

Um dos principais serviços é o Olist Store, que possui a opção de vendas para Marketplaces. Assim, você pode centralizar os seus canais de venda em um só lugar.

Além disso, dentro do Olist, existe uma ferramenta de competitividade para você analisar a concorrência e conseguir colocar a nossa 3ª dica em prática… 

E essa nem é a melhor parte…  todos os produtos com valor igual ou acima de R$ 100 estão com frete grátis para todo o Brasil. 

Ou seja, você pode criar kits de produtos e oferecer frete grátis para os seus clientes.

Gostou da novidade?

Então, para saber mais sobre as funcionalidades do Olist e como isso pode ajudar você a precificar o seu produto do jeito certo, é só clicar neste link

Mas não para por aqui… 

Temos uma dica BÔNUS para você:

Faça a Precificação do Produto sem ter prejuízo

Para ajudar a maximizar a capacidade produtiva da sua empresa, você precisa  seguir uma lógica lucrativa, mas sem perder a competitividade…

E uma precificação bem estruturada garanta segurança econômica ao seu negócio!

Então, se você está sofrendo com os impactos da alta do dólar, temos um Ebook GRATUITO para você de Precificação Inteligente

Nele, você vai encontrar o preço ideal para seus produtos e lucrar de verdade!

Clique agora mesmo no botão abaixo para baixar o Ebook e precificar do jeito certo:

QUERO BAIXAR O EBOOK 

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/dicas-infaliveis-precificacao-de-produto

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram