Grupo Premier

oBlog GP

Posso Começar um Ecommerce como MEI? Veja se é Permitido

Posso Começar um Ecommerce como MEI? Veja se é Permitido

Compartilhar787CompartilharTwittarPin787 Compart.

O MEI (Programa Microempreendedor Individual) é um programa utilizado por milhões de empreendedores no Brasil. Como você provavelmente já deve saber, essa é uma iniciativa que vem fomentando demais o empreendedorismo e a formalização de pequenos negócios no país.

Mas é sempre importante frisar: o MEI não é para todos. Basta acessar o site do programa para entender que diversas atividades profissionais não são aceitas por ele.

Seria esse o caso de quem quer montar um ecommerce? Continue a leitura e vamos descobrir!

MEI: Vantagens x Desvantagens

Sim, iniciar o seu ecommerce com o MEI é permitido. Entretanto, você já se perguntou quais são as restrições que esse programa impõe ao empresário?

O limite de faturamento de um microempreendedor ao mês é de 5 mil reais, podendo chegar a um teto máximo de 60 mil reais de faturamento ao ano. Se o seu plano para os primeiros meses for faturar dentro desse limite, o programa é totalmente viável.

No entanto, muitos negócios iniciam suas operações faturando 10 mil, 15 mil, 100 mil reais… Nesse caso, você já não pertencerá mais à faixa de tributação do programa Microempreendedor Individual.

De qualquer forma, apesar da limitação de faturamento, o MEI traz algumas vantagens importantes. Eficiência no processo de formalização e isenção de diversos impostos podem ser citadas como algumas delas.

Sobre Empresas Limitadas

Supondo, por exemplo, que o seu faturamento inicial seja de 10 mil reais/mês, que tal investir em uma empresa limitada? Apesar de ser um processo um pouco mais complicado que aquele enfrentado pelos MEIs, vai valer a pena.

Alguns desafios, nesse caso, ficarão por conta da necessidade de um alvará, de inscrição estadual e contrato social, dentre outras formalidades.

MEI
MEI

As Dúvidas Quanto à Migração

E se eu iniciar meus trabalhos como MEI e posteriormente quiser transferir para empresa limitada, está ao meu alcance fazer uma espécie de migração?

Nesse caso, a melhor opção seria encerrar o MEI e dar início aos trabalhos como empresa limitada, sem a existência de uma migração, algo que atualmente não existe no mercado.

De qualquer forma, para concluirmos a questão, o investimento no programa pode e deve ser adotado por aqueles que se enquadram nas questões já explanadas durante o texto.

Obs: através do MEI é perfeitamente possível emitir notas fiscais e comercializar seus produtos para outros estados.

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar787CompartilharTwittarPin787 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/comecar-ecommerce-como-mei

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram