Grupo Premier

oBlog GP

imagem01-05-2022-05-05-13

Pacote para habitação deve aumentar recursos para compra de material de construção • OEconomista

Compartilhar Sem categoria

Pacote para habitação deve aumentar recursos para compra de material de construção

Autor: O Economista – 21 de janeiro de 2009

O pacote de estímulo à habitação em estudo pela equipe econômica deverá facilitar a compra de materiais de construção e reduzir a burocracia na concessão de financiamentos pela Caixa Econômica Federal. As medidas foram anunciadas hoje (21) pela líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (PT-SC), ao sair de reunião no Ministério da Fazenda.

Segundo a senadora, o governo pretende incluir a compra de materiais de construção entre as operações que podem ser financiadas com os 2% do compulsório dos bancos atualmente destinados ao microcrédito. Para Ideli, a medida ajudaria a manter aquecida a construção civil num momento de crise.

“Todos os bancos podem utilizar 2% dos depósitos compulsórios para financiar o microcrédito. Só que entre as alternativas onde pode ser utilizado o dinheiro não estava incluído o material de construção. Eles vão incluir isso. Vão deixar isso explícito para dar o efeito formiguinha”, explicou a líder do PT.

Ideli acompanhou representantes do comércio varejista e da indústria da construção numa reunião com o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa.

A parlamentar também informou que o governo estuda a redução da burocracia nos financiamentos do Construcard, linha de crédito da Caixa Econômica com juros especiais para a compra de materiais de construção. Apesar de o limite dos financiamentos ter aumentado de R$ 7 mil para R$ 25 mil, a senadora afirmou que as exigências para a concessão do empréstimo continuam elevadas.

“O Construcard já foi ampliado, mas o governo está pensando em diminuir as exigências de fiador e de avalista, substituindo isso por outros mecanismos que a Caixa está apresentando hoje para a equipe econômica”, acrescentou ela.

Uma das propostas em análise pela Caixa para diminuir as exigências nos financiamentos do Construcard, afirmou a senadora, seria tornar as lojas de material de construção avalistas dos clientes: “Existem 138 mil pontos de venda de material de construção no Brasil. Se todas essas lojas puderem fazer com que seus clientes consigam este financiamento na Caixa, vai fortalecer muito o setor.”

A senadora disse que a inclusão das medidas no pacote está “garantida”, mas ressaltou que seria necessária uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) para autorizar o acesso das pessoas físicas ao microcrédito. Atualmente, esses financiamentos só podem ser conseguidos por microempreendedores, pessoas que montam um negócio próprio.

De acordo com Ideli, as duas medidas serão apresentadas amanhã (22) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela informou que o pacote deve ser divulgado na próxima semana.

Agência Brasil – Wellton Máximo

,

Comentários

Registre-se ou faça login para comentar.

  • doroteia bezerra pinheiro

    10/03/2009 – 19:28:19

    meu nome e doroteia, gostaria muito ter minha casa propria pois vivo pagando a aluque gostaria de saber se com os recibos do meu aluquel e os recibos do meu condominhio eu posso compra uma casa de 30 mil reail pala caixa.

Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda
Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda

Fonte: www.oeconomista.com.br/pacote-para-habitacao-deve-aumentar-recursos-para-compra-de-material-de-construcao

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram