Grupo Premier

oBlog GP

Onde investir dinheiro com segurança e cuidar do patrimônio

Onde investir dinheiro com segurança e cuidar do patrimônio | Ecommerce na Prática

Compartilhar7CompartilharTwittarPin7 Compart.

Manter o dinheiro na poupança ou parado na conta não é a estratégia mais inteligente para cuidar do seu patrimônio. O rendimento na poupança é tão baixo que você só vai ter um retorno sobre isso em dezenas de anos – ainda assim, nada de incrível. Já na conta, a resposta é óbvia: seu dinheiro só desvaloriza diante da inflação. Por isso, saber onde investir seu dinheiro vai fazer toda a diferença no seu patrimônio.

Neste artigo, Bruno de Oliveira, fundador do Ecommerce na Prática, conta onde investe parte do dinheiro que ganha com seus negócios. Além disso, oferece dicas para empreendedores que querem cuidar do patrimônio e seguir o mesmo caminho.

A história do Bruno com investimento é antiga. Ele, inclusive, já dedicou metade de um ano só a isto, estudando o mercado de ações e movimentando o dinheiro diariamente. Embora não seja profissional e, hoje, não invista desta forma, tem muito interesse no assunto.

Invisto meu dinheiro para proteger meu patrimônio. É para que ele se mantenha estável e eu possa multiplicá-lo, não para ser a principal fonte de renda. Investidores profissionais dedicam muito tempo a isto, o que eu não tenho.” Ele conta.

Hoje, a maior fonte de renda dele são os negócios que mantém. Seus investimentos são com um percentual do lucro que obtém e seguem uma linha “mais conservadora, como CDB e LCI”. Para empresários como ele, colocar o dinheiro em locais seguros é uma estratégia interessante para multiplicar e proteger da inflação. Além disso, é simples mesmo para quem não entende muito sobre o assunto.

Onde investir dinheiro de modo seguro

No seu negócio

Se seu negócio não gera riqueza de fato, investir grandes quantias em outros mercados é arriscado. A razão disto é que um negócio próprio pode gerar muito mais renda do que em investimentos de longo prazo. É melhor esperar seu negócio se tornar sustentável e tiver uma  margem de segurança, um fundo de reserva bem consolidado. Aí, sim, usar uma parte deste lucro e coloca no mercado financeiro.

Quer saber como começar o seu negócio para gerar renda?

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

É um fundo de renda fixa que oferece segurança e rentabilidade. A razão disto é ser emitido pelos bancos com o objetivo de financiar seu funcionamento. De forma simples, significa que o banco pega esse dinheiro como um empréstimo e, em troca, te devolve o valor com juros corrigido.

O bom deste investimento é que o banco não te devolve menos do que pegou emprestado. Ou seja, o risco é baixíssimo. Além disso, não existe prazo mínimo para deixar render. Tenha em mente, no entanto, que, quanto mais tempo concordar em deixar, melhores serão as condições que o banco vai te oferecer (e o rendimento).

Uma indicação é que não invista mais de 250 mil num mesmo banco, assim respeita o limite de proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Este é o fundo que garante que, caso a instituição para qual emprestou dinheiro acabe falindo, você não vai perder seu dinheiro.

LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

É outro título de renda fixa. O maior benefício do LCI, porém, é a isenção no Imposto de Renda. Assim como a poupança, você não precisa pagar sobre aquilo que receber.

O LCI funciona de modo semelhante ao CDB. É um empréstimo que você faz a uma instituição que, por sua vez, utiliza para financiar construções e imóveis. Sem o LCI ou o LCA (que é parecido ao LCI, mas para agronegócio), os bancos não teriam crédito para oferecer àqueles que vão em busca de financiamento. Como os juros que o banco cobra são maiores do que ele vai pagar, é uma estratégia que vale a pena.

No contrato das Letras, o banco te aponta os juros e os prazos de pagamento. É um bom investimento, mas depende da taxa de juros que você pegar. Também vale ressaltar que o período mínimo para o LCI é de 90 dias e os custos costumam ser maiores do que do CDB.

De acordo com Bruno,

o investimento em LCI vale mais a pena quando a taxa da SELIC está mais alta. Agora, com ela em torno de 6%, para pessoas conservadoras, outros investimentos são mais interessantes.”

Como investir dinheiro 
imagem08-03-2022-16-03-04
imagem08-03-2022-16-03-04

O seu negócio é aquilo que vai te trazer maior renda. Disto, pode pegar um percentual e investir em locais relevantes. Um CDB é interessante, assim como ações.

O Bruno costuma usar de 10 a 20% do fundo para investir em ações, focando em dividendos. Hoje, são 6 ações que mantém constantemente, sempre reinvestindo. Assim, consegue tanto a participação nos lucros quanto o valor gerado em dividendos. Este tipo de investimento, porém, é para longo prazo.

Enquanto isso, a maior parte do fundo dele é prefixada. O resto fica em fundo cambial ou ações. Ainda assim, recomenda que não invista achando que isto vai gerar sua renda mensal.

É importante lembrar que cada título ou ação deve ser adequado ao seu planejamento. Alguns exigem mais tempo para conseguir resgatar, outros, que rendem menos, te dão maior flexibilidade.

Cadastre-se na Aula Ecommerce do Zero

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar7CompartilharTwittarPin7 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/onde-investir-dinheiro-com-seguranca

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram