Grupo Premier

oBlog GP

Guerra de preços no Marketplace: como evitar?

Guerra de preços no Marketplace: como evitar? | Ecommerce na Prática

Compartilhar71CompartilharTwittarPin71 Compart.

Vender em marketplaces é a melhor opção tanto para quem está começando um Ecommerce quanto para quem quer alavancar as vendas. Contudo, sabemos como a guerra de preços nessas plataformas pode ser feroz. Nesse artigo, vou te mostrar o que deve ser feito para não cair nessa armadilha que pode ser fatal para o seu negócio.

Por que a guerra de preços acontece?

Como os marketplaces já têm uma audiência estabelecida, são as plataformas ideais para qualquer Ecommerce conseguir alavancar suas vendas.

E, como todos sabemos, um dos fatores mais determinantes na hora de comprar ou não um produto é o preço que será pago por ele.

Todos nós gostamos e procuramos sempre pagar o menor preço possível por qualquer mercadoria que desejamos adquirir.

Essa busca incansável pela melhor oferta tem uma consequência: a guerra de preços.

guerra de preços
guerra de preços

Nos marketplaces, os vendedores, com o objetivo de conseguir mais e mais clientes, vão diminuindo o preço dos seus produtos até um ponto em que fica insustentável continuar essa competição.

Para que você não caia nessa e veja seu Ecommerce sofrer com a guerra de preços, separei algumas dicas que podem te ajudar:

Como evitar a guerra de preços no marketplace

A guerra de preços é muito interessante sob o ponto de vista do consumidor. Afinal, quem não gosta de pagar mais barato? 

No entanto, essa estratégia muitas vezes significa a ruína de muitos Ecommerces justamente porque afeta a margem de lucro final e, consequentemente, a saúde financeira do negócio.

Portanto, para que o seu Ecommerce não fique refém dessa guerra de preços, vou te mostrar algumas coisas que deve levar em consideração se estiver cogitando entrar nessa estratégia.

Preste atenção na sua margem de lucro

O processo de precificação dos produtos no Ecommerce é algo contínuo, que muda diariamente por conta do surgimento de concorrentes a todo momento.

No entanto, na grande maioria dos casos, a estratégia de simplesmente ir abaixando o preço para que fique menor do que o dos outros lojistas não é uma que funcione a longo prazo.

Isso porque essa ação afeta diretamente a sua margem de lucro. Você entrar em uma guerra de preços sem dominá-la é fatal.

margem de lucro
margem de lucro

Esse é o principal erro de quem utiliza esse tipo de estratégia. As pessoas entram na guerra de preços sem saber precificar corretamente os seus produtos e sem saber a margem de contribuição que tem dentro dele, ou seja, quanto de lucro ele dá.

Sem saber essas informações, esses lojistas não sabem até que ponto podem chegar e até que ponto o seu negócio se sustenta com a diminuição do preço.

Pense em maneiras de se diferenciar da concorrência

Mesmo dominando a margem de lucro, chega uma hora que não vale a pena continuar simplesmente abaixando o preço para superar a concorrência.

Por isso, uma das melhores formas de escapar da guerra de preços é diferenciando o seu produto dos outros.

No entanto, sabemos como alguns produtos simplesmente não têm como ser muito diferentes… Nesse caso, você deve diferenciar o seu atendimento/serviço.

Essa diferenciação pode se dar por várias formas:

  • Cupons de descontos em uma futura compra – Ao comprar de você e receber a garantia de um desconto em uma futura compra, as pessoas, além de aceitarem pagar um preço um pouco mais caro pelo produto oferecido, ainda asseguram que voltarão a comprar da sua loja, o que é ótimo na fidelização.
  • Desconto no frete ou até o frete grátisUm dos fatores que mais influenciam os clientes na decisão de comprar ou não determinado produto é o preço pago no frete. Portanto, oferecer descontos ou gratuidade no envio da mercadoria é uma excelente forma de evitar entrar na guerra de preços. Contudo, isso deve ser feito com segurança, uma vez que o desconto não pode afetar a saúde financeira do seu Ecommerce.
  • Descontos na compra de produtos complementares ao que está sendo adquirido – Há produtos que são feitos como iscas para a compra de outros produtos, que são complementares entre si. Por exemplo: fones de ouvido para caixas de som, garfos e facas para pratos… Oferecer um desconto na compra desses produtos complementares é uma boa para fugir da guerra de preços.
  • Garantia estendida em caso de necessidade de trocas ou devolução…

Todas essas vantagens que você pode oferecer na compra dos seus produtos influenciam a mente dos consumidores. 

Eles podem acabar achando melhor pagar um pouco mais caro se tiverem a oportunidade de comprar mais barato no futuro, ou se puderem receber o produto mais rápido.

Ofereça o melhor atendimento possível

Um dos maiores erros das pessoas que vendem em marketplaces é achar que o preço é a única coisa que influencia a cabeça das pessoas que estão lá para comprar.

A experiência do cliente vai muito mais além do que somente o preço que paga pelo produto. Aqui, no Ecommerce na Prática, estamos sempre batendo nessa tecla.

atendimento ao cliente
atendimento ao cliente

Nesse artigo, você encontra dicas de como melhorar a experiência do cliente no seu Ecommerce.

Ao se deparar com o mesmo produto, só que com preços diferentes pela primeira vez, o cliente se sente atraído pela opção mais barata.

Contudo, quando vai efetuar a compra, tem uma série de dúvidas a respeito do pagamento, da entrega, da qualidade do produto…

E quando vai tentar tirar essas dúvidas com o vendedor, ele ou demora dias para responder ou sequer responde.

A mercadoria, então, demora mais do que o previsto para chegar, chega danificada ou até mesmo é enviado um produto errado.

Pronto, a soma de todos esses problemas faz com que aquela pessoa nunca mais compre daquele vendedor, não importa o preço que ele oferecer. 

Isso porque a experiência de compra foi um verdadeiro pesadelo, que tirou qualquer vontade do cliente em fazer negócio novamente com aquela pessoa.

A solução, então, é procurar outros vendedores que ofereçam uma experiência melhor, mesmo que isso acabe custando um pouco mais caro.

Portanto, esteja sempre atento a todos os produtos que vende dentro dos marketplaces. Sempre cheque suas mensagens e tenha o telefone de contato sempre em mãos para resolver qualquer problema ou tirar uma dúvida qualquer.

Ah, e faça isso sempre com um sorriso no rosto e demonstrando real interesse em ajudar o seu cliente. Dessa forma, você o fideliza e não precisa ficar entrando em guerra de preços.

Foque na jornada do cliente

Se o seu concorrente estiver vendendo um mesmo produto que você a um preço que seja impossível de competir, uma das soluções é você parar e analisar a jornada de compra do seu cliente.

Às vezes, aquele produto vendido a um preço “x” pode te dar pouco lucro (em alguns casos, até mesmo prejuízo), mas ele pode ser a porta de entrada do consumidor à sua marca.

Que tal oferecer produtos que sejam complementares àquele que a concorrência está vendendo mais barato? 

Essa é a estratégia do Produto Estrela. Você pode usar essa mercadoria que vende a preços baixíssimos para influenciar o seu cliente a comprar outros produtos de você, que realmente farão a diferença na sua lucratividade.

guerra de preços   produto estrela
guerra de preços produto estrela

Nos marketplaces, quando você vende algo a alguém, é aberto um canal de contato com esse cliente. Lá você tem o email e, na maioria das vezes, o whatsapp desse consumidor.

É nesse canal de contato que você executará a sua estratégia de oferecer outros produtos a esse cliente.

Dessa forma, você utiliza a guerra de preços a seu favor, já que pratica o mesmo preço baixo do seu concorrente, mas utilizando a venda desses produtos para conseguir novas conversões de mercadorias que realmente trazem lucro para o seu Ecommerce.

Além disso, é bem mais fácil vender para alguém que já comprou de você do que para uma pessoa que nem te conhece.

Aumente suas vendas nos marketplaces sem praticar guerra de preços

Como você viu, preço não é a única coisa que faz a diferença quando o assunto é vendas nos marketplaces.

Às vezes, pagar um pouco mais caro em troca de uma boa experiência, receber o produto adiantado ou receber descontos e afins em futuras compras acaba sendo mais vantajoso.

E não podemos esquecer, também, da confiança e segurança de comprar produtos que podemos tirar todas as dúvidas a respeito dele somente lendo a descrição e observando as fotos disponibilizadas.

Todos esses fatores, somados, acabam pesando mais do que o preço final do produto.

Contudo, existem outras estratégias que garantem um melhor resultado dentro dos marketplaces. E ninguém melhor do que um dos maiores especialistas no assunto para ensiná-las a você.

Esse é o objetivo do treinamento Marketplace na Prática, ensinado pelo Alex Moro, em parceria com o Ecommerce na Prática.

Seguindo o método do curso, você vai poder vender seus produtos em gigantes como Americanas, Submarino, Amazon, Magazine Luiza… no total, são 12 dos maiores marketplaces do país.

No treinamento Marketplace na Prática, você encontra tudo o que precisa saber para conseguir vender até R$100 mil por mês aproveitando a demanda dos maiores marketplaces do país!

Não perca tempo, inscreva-se no treinamento Marketplace na Prática.

QUERO VENDER R$100 MIL NOS MARKETPLACES!

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar71CompartilharTwittarPin71 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/guerra-de-precos-no-marketplace-como-evitar

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram