Grupo Premier

oBlog GP

Google Analytics: 3 dicas essenciais para usar no Ecommerce

Google Analytics: 3 dicas essenciais para usar no Ecommerce | Ecommerce na Prática

Compartilhar276CompartilharTwittarPin276 Compart.

Já parou para pensar quantas pessoas por dia acessam o seu site ou qual é o produto mais procurado do seu negócio? Com o Google Analytics,você pode ter todas essas respostas. Aprenda as 3 dicas para usar o Google Analytics da melhor forma possível e aumentar as suas vendas.

Google Analytics
Google Analytics

Índice:

O que são métricas

Antes de saber o que é Google Analytics, você precisa entender sobre um pouco mais sobre métricas.

Neste vídeo, o Gustavo Esteves, CEO do Métricas Boss e novo professor do Ecommerce na Prática, fala sobre como encontrar respostas no Google Analytics usando as métricas. Confira aqui:

Basicamente, as métricas são os números que podem te dar um resposta.

Por exemplo,: se você quer saber quantas pessoas entram no seu site por dia através do Facebook, o número que você encontrar serão as métricas e o Facebook é a dimensão.

Por isso, além de serem números, elas são informações extremamente importantes para analisar como anda o seu negócio. Ou seja, elas devem ser acompanhadas todos os dias

Elas funcionam como um direcionamento. Se você não analisá-las diariamente, pode percorrer o caminho errado. 

Como ler as métricas corretamente?

Para você compreender de fato o que elas significam e o que fazer com essa informação, você precisa de contexto.

Quando você está doente, você vai ao médico, certo? Chegando lá, o doutor realiza um exame para identificar qual é o seu problema. Com o diagnóstico pronto, ele lhe dirá o que fazer.

Com as métricas funciona da mesma forma. Ao identificar um erro no seu negócio, você analisa as métricas para gerar um diagnóstico e tomar uma ação.

Vamos dizer que as vendas da sua loja virtual não está indo tão bem. Olhando as métricas no Google Analytics, percebe que, de fato, a conversão está baixa na cidade do Rio de Janeiro, onde tem a maior audiência. Dá para notar que tem algo errado com a sua estratégia, certo?

A partir disso, você consegue pensar o que pode fazer para reverter esse quadro.

As métricas, portanto, te indicam o que está funcionando e o que não está, a fim de te fazer agir. E elas estão todas no Google Analytics.

google analytics dados
google analytics dados

O que é o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita que funciona para você analisar os seus dados e o desempenho do seu site. Mas ele é mais que uma ferramenta com “gráfico bonitinho”…

Com ela, você pode ter acesso a informações extremamente necessárias para o Marketing Digital. É possível, por exemplo, monitorar o perfil de quem acessa o seu site, as páginas mais acessadas, pesquisas no seu site, conversões, de onde vem o tráfego e muito mais.

Ou seja, ele é imprescindível para você tomar decisões mais assertivas no seu Negócio. 

Mas não pense que usar o Google Analytics é apenas instalar e abrir quando quiser ver números. Na realidade, se utilizar desta forma, você nunca vai conseguir tirar conclusões dos dados que a ferramenta te oferece.

Por isso, o Google Analytics não deve ser utilizado como início seu processo de gestão das vendas, mas como meio. E, para isso, deve sempre pensar no que quer saber e só depois abrir a ferramenta.

Por exemplo: 

  • Saber quantas pessoas as minhas redes sociais estão levando para a página de venda
  • Entender como está a resposta da campanha que está rodando
  • Quais produtos estão sendo mais buscados no seu site

Deu para notar que GA, como os especialistas no assunto o denominam, é utilizado para responder perguntas e tirar dúvidas.

Agora que você entendeu o intuito do Analytics, necessário saber como usá-lo para que seja possível como extrair os dados corretos e tomar decisões. 

Para Ecommerce, ele pode ser extremamente útil. E, com as 3 dicas que eu trouxe neste artigo, você vai aprender macetes importantes para usar o Google Analytics da maneira certa e efetiva.

Como começar a usar o Google Analytics

Agora que você já sabe o que é o Analytics, chegou a hora de começar a usar essa ferramenta no seu Ecommerce.

Para isso, o Gustavo Esteves fez um vídeo com o Guia Essencial do Google Analytics para Iniciantes. Confira abaixo:

Vamos ao passo a passo:

1 – Cadastre seu Ecommerce no Analytics

A primeira coisa que você tem que fazer para começar a utilizar a ferramenta do Analytics é cadastrar o seu Ecommerce nela.

Para fazer isso, é necessário ter uma conta do Google, por isso aconselho você a cadastrar o e-mail do seu Ecommerce para receber sempre as notificações no lugar certo.

Após feito o cadastro, você vai precisar configurar a sua conta. Isso significa informar se você está usando a fermenta para monitorar um website ou um dispositivo móvel.

Feito isso, deverá ser criado um nome para a conta, além do informe da URL que deverá ser monitorada e setor de atuação.

Por fim, informe o fuso-horário que corresponde à sua localização. Isso é muito importante para obtenção de dados precisos.

Cadastre se no Google Analytics
Cadastre se no Google Analytics

2 – Instalar o código de acompanhamento

Depois de completado o cadastro, você vai precisar instalar o código de acompanhamento para o Analytics de fato começar a monitorar o seu Ecommerce.

Você vai receber a tag de site global, a gtag. É ela que faz toda a comunicação entre o seu site e o Google Analytics.

Depois que instalada corretamente, ela faz todo o monitoramento do comportamento das pessoas no seu site: o que estão buscando, onde estão clicando e até mesmo quanto tempo em média passam em cada página.

O jeito mais fácil de instalar o código de acompanhamento é através do Google Tag Manager, uma ferramenta que permite o gerenciamento de todas as tags do site, criação de eventos e metas sem precisar mexer no código do site.

Dessa maneira, tudo relacionado ao seu site fica no seu controle, possibilitando uma organização maior do seu Ecommerce.

Portanto basta adicionar a tag de acompanhamento em todas as páginas do site, para que o Analytics comece a monitorá-lo de maneira completa.

3 – Conferir se as tags estão funcionando corretamente

Não adianta nada colocar o código de acompanhamento se ele não estiver funcionando corretamente.

Isso porque muitas vezes a a tag é inserida na página mas acaba não sendo ativada. Então somente quando você for conferir os relatórios pela primeira vez que vai ver que nada de fato foi mensurado.

Para conferir se tudo está rodando da maneira correta, utilize o Google Tag Assistant.

Sua utilização é simples e sem complicações. Trata-se de uma extensão para o Google Chrome.

Ao habilitá-la, basta carregar a página que deseja conferir e o Google Tag Assistant vai mostrar quais tags estão de fato ativas naquele endereço.

Checar se o Analytics está correto
Checar se o Analytics está correto

4 – Entender o funcionamento da ferramenta

O Analytics tem um grande potencial para o seu negócio, seja ele qual for! Depois que você tiver configurado ele corretamente e começar a monitorar tudo que se passa no seu Ecommerce, vai perceber o quão importante é a ferramenta para traçar suas metas.

Com o Google Analytics, você tem noção de onde vai o dinheiro do seu investimento e se ele está dando retorno ou não.

Por exemplo:

Você investiu uma quantia x em uma campanha de links patrocinados. O Google Analytics te diz qual o valor investido e quantos cliques esse investimento rendeu.

A partir desses cliques, é calculado quantos cliques se converteram em vendas e quanto de fato você faturou a partir deles.

Assim é capaz de saber se o investimento feito valeu a pena ou não, quando for pensar em investimentos futuros.

Agora que você já sabe para que serve o Analytics e sabe como torna-lo operante, existem mais algumas dicas de como aproveitar ao máximo a ferramenta no seu Ecommerce.

O Bruno de Oliveira, fundador do Ecommerce na Prática, junto com o Gustavo Esteves, especialista em Google Analytics e fundador do Métricas Boss, gravaram um vídeo muito interessante sobre o assunto. Confira aqui:

Vamos às dicas:

3 dicas essenciais para usar o Google Analytics

1 – Ative o relatório de pesquisa interna

Sabe a área de pesquisa do seu site, onde as pessoas digitam o produto e são direcionadas para ele?

Com o Google Analytics, é possível ver quais foram as pesquisas que a sua audiência fez. Assim, você pode identificar qual é o produto que é mais desejado no seu site, de modo que ele nunca pode faltar.

Neste caso, invista em anúncios, crie valor para o produto, use-o para promoções… As opções são inúmeras.

Inclusive, é possível que você descubra que as pessoas estão buscando produtos que você sequer tem. Se este for o caso, você pode entender como colocar este produto específico da sua grade.

Esse relatório de pesquisa interna ainda pode te ajudar caso esteja em dúvida sobre começar a vender um item novo na sua loja. 

Por exemplo: você vende itens básicos de farmácia e quer saber se deve começar a vender remédios também. Verifique se há buscas por isso e voilá, terá a sua resposta.

Google Analytics trafego
Google Analytics trafego

2 – Analise a origem do seu tráfego

Tráfego é um dos aspectos mais importantes quando se trata de vender online. Porém, quando se faz um trabalho deste tipo, é importante saber mês a mês o que dá resultados e o que não dá.

E a melhor forma de entender quantas pessoas estão indo de um ponto de contato para outro é o Google Analytics.

Com a ferramenta de origem de tráfego, é possível identificar de onde as pessoas estão acessando a sua loja. Isso pode acontecer por meio de um anúncio ou post no Facebook, Instagram, Youtube, Twitter e até outros sites e marketplaces.

Com base nesses dados, você vai analisar qual mídia e medida traz resultado e qual que não está funcionando. Assim, poderá tomar decisões estratégicas para corrigir erros e impulsionar os acertos.

Por exemplo: Você tem uma página no Instagram onde posta todos os dias, mas, com o GA, acaba descobrindo que menos de 1% das pessoas que interagem com as suas postagens vão para o seu site. Isso significa que precisa modificar a estratégia dentro da plataforma, pois, se o seu objetivo com a rede social é atrair pessoas para o site, o que está fazendo não funciona.

Mesmo que você não encontre imediatamente a estratégia perfeita para modificar o que não funciona, isso não é um problema. O Analytics também vai te mostrar o que funciona, de forma que pode focar no que traz resultado, potencializando-os.

Google Analytics receita
Google Analytics receita

3 – Qual a origem das suas receitas

Você já parou para pensar de qual cidade ou estado chegam mais pedidos para a sua loja? Deveria, porque essa é uma informação importante para diversos pontos da sua estratégia de marketing, gestão, conteúdo, logística…

Em geral, grande parte da audiência de uma loja é da própria cidade-sede da organização ou de pólos centrais do país. Ou seja: a cidade onde você mora e cidades maiores.

Mas o grande benefício do Ecommerce é o potencial de alcançar mais e mais pessoas ao redor do país e do mundo… E, acredite, pessoas de diversas regiões podem comprar do seu site.

Com o Analytics, você pode saber de onde vem esses pedidos de compra. Essa informação é útil porque você pode, por exemplo, direcionar anúncios para essas regiões, potencializando vendas.

Outra coisa importante a se pensar é: se você fosse expandir o seu negócio para o físico, onde poderia abrir uma loja? A resposta está no Google Analytics.

Google Analytics vender
Google Analytics vender

Como usar o Google Analytics no seu Negócio

Percebeu como saber o que você está buscando nesta ferramenta é muito importante para conseguir boas respostas? É assim que deve sempre usar o Analytics.

E você pode aprender o passo a passo para aplicar o Google Analytics no seu negócio com o treinamento Web Analytics para Ecommerce!

O próprio Gustavo Esteves, CEO do Métricas Boss, maior portal de Google Analytics do Brasil, vai ser o seu professor nesse curso.

O que você vai aprender no Web Analytics para Ecommerce:

  • Criar Sua Conta do Google Analytics do Zero
  • Configurar o Google Analytics no seu Site
  • Transformar Informações em Ações Estratégicas
  • As Principais Métricas para Ecommerce

E muito mais!

Por isso, se inscreva agora no treinamento Web Analytics para Ecommerce e aprenda a usar o melhor guia para a saúde financeira do seu negócio!

QUERO USAR O GOOGLE ANALYTICS NO MEU NEGÓCIO

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar276CompartilharTwittarPin276 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/google-analytics-dicas-essenciais-para-usar-no-ecommerce

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram