Grupo Premier

oBlog GP

Gestão centralizada no Ecommerce: por que é tão importante e como fazer?

Gestão centralizada no Ecommerce: por que é tão importante e como fazer? | Ecommerce na Prática

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

O sucesso de um negócio está totalmente ligado à eficiência da gestão, especialmente quando falamos em Ecommerce. 

Como no varejo digital a diversificação de estratégias e canais de venda é muito comum, ter uma gestão centralizada permite que a loja cresça de forma organizada e escalável.

Neste artigo, você vai conhecer as vantagens de centralizar a gestão no ecommerce e entender como colocá-la em prática para conquistar alta performance. Continue lendo!

imagem17-04-2022-04-04-54
imagem17-04-2022-04-04-54

[Grátis] Baixe Agora o Checklist Ecommerce do Zero e conheça os 6 Passos para criar um negócio Sólido e Lucrativo na Internet.

Índice:

O que é gestão centralizada e como funciona?

Como o próprio nome indica, todo o poder de decisão desse gerenciamento é concentrado em uma pessoa ou segmento da organização. 

Geralmente, quando isso acontece, os processos e a comunicação são padronizados, o que resulta em decisões uniformes. 

Uma administração centralizada também refere-se à gestão que é feita em uma única plataforma de vendas

Ao centralizar o controle das vendas em um canal específico, a empresa ganha tempo e eficiência, conforme explicaremos em detalhes a seguir.

O modelo traz algumas importantes vantagens, como maior controle, responsabilização adequada pelos acontecimentos e unidade dos procedimentos. 

Logo, a equipe tende a ser mais produtiva, evitando a duplicidade de tarefas. 

A gestão centralizada tem sido deixada de lado em algumas empresas, principalmente entre as que preferem não estipular hierarquias rígidas. 

Uma escolha assim leva em conta diversos fatores, a exemplo do perfil do público e dos funcionários e os objetivos.

Porém, para vários outros negócios, é ainda a melhor forma de organizar os processos e garantir a eficiência operacional. 

É o caso de quem trabalha com vendas online. Continue lendo e entenda a importância do modelo nesse contexto!

Leia também: Gestão de Ecommerce: entenda TUDO o que precisa para alavancar o seu negócio

Qual a importância da gestão centralizada no Ecommerce?

Para que uma loja online funcione bem e mantenha os clientes satisfeitos, é imprescindível que conte com processos claros, equipe cuidadosa e forte gerenciamento de dados.

Isso diminui as chances de erros e, ainda, pode ajudar na redução de custos no Ecommerce, pois evita retrabalho e prejuízos financeiros.

É por esse motivo que a gestão centralizada é uma boa escolha para o setor. O modelo concentra as decisões em um líder ou equipe. 

O núcleo será responsável por definir e acompanhar o desempenho dos processos, garantindo que tudo saia conforme o esperado pela empresa e pelos clientes.

Ao mesmo tempo, a gestão centralizada em uma plataforma de vendas específica contribui muito para a eficiência da empresa, especialmente as que atuam com ecommerce. 

Digamos que você venda seus produtos em diversos marketplaces, como Mercado Livre, Americanas e Ponto Frio. 

Já imaginou o tempo que você gastaria acessando cada site separadamente para cadastrar itens e acompanhar pedidos? 

Situações como essa demonstram a importância de integrar processos e informações em um único local. E é por isso que listamos abaixo outras vantagens da gestão centralizada. Confira:

1- Gestão de vendas integrada

Na gestão integrada do ecommerce, todas as informações relativas a vendas, compras e clientes são armazenadas em um único software

Isso combina bem com a gerência centralizada. É um tipo de sistema que permite o manejo eficiente dos dados e facilita a análise deles, o que pode trazer insights valiosos.

A maioria dos programas também permite a automatização de processos. O resultado é benéfico para a empresa que trabalha de maneira centralizada, pois fornece informações cruciais ao gestor.

2- Gerenciamento de dados relevantes

Outra vantagem de apostar nesse caminho na loja online é o melhor gerenciamento de dados importantes à empresa.

Para que um negócio assim funcione adequadamente, é necessário gerir muitas frentes. Alguns exemplos são: 

  • Escolha e cadastro de produtos
  • Controle de anúncios
  • Pedidos
  • Gestão de estoque para ecommerce
  • Relacionamento com clientes
  • Comunicação

A gestão centralizada padroniza os processos apresentados acima e os uniformiza. Além de facilitar o trabalho da equipe, é um cuidado que passa uma imagem melhor ao cliente. 

O público sente confiança em comprar de uma empresa que é coerente nas ações e segue uma única linha de comunicação.

3- Maior controle

A gestão centralizada também permite aprimorar o controle sobre todos os aspectos de uma loja online. 

Aqui, não se deve pensar apenas no gerenciamento da loja em si, mas também no que diz respeito a funcionários, contabilidade, relatórios financeiros e logística.

Quando todas as informações estão em uma só plataforma e sob a responsabilidade de pessoas específicas, acessá-las e analisá-las torna-se uma tarefa simplificada.

Além disso, o líder consegue ter melhor controle sobre todos esses fatores e, consequentemente, fortalece o próprio entendimento sobre as ações necessárias à melhoria de desempenho.

4- Facilidade ao consultar informações

O acesso à informação é importante em todos os setores do negócio. Afinal, é por meio da análise dos registros que é possível tomar decisões com base em dados. Algumas informações também permitem conhecer melhor o público, o desempenho da loja e os produtos.

Na gestão centralizada, a consulta de informações acontece de maneira mais fácil e confiável. Afinal, os membros da equipe sempre sabem onde buscar os dados de que precisam.

Como colocar a gestão centralizada em prática?

Para começar a colocar o modelo centralizado em prática na empresa, o primeiro passo é escolher o gestor ou a equipe responsável. Avalie o perfil dos sócios e dos colaboradores para tomar a decisão mais acertada.

Também é importante sempre analisar os resultados. Isso ajuda a entender o que está indo bem e quais são as ações que precisam ser revistas. 

Passar feedbacks para os funcionários e ouvir o que eles têm a dizer sobre as mudanças também é um bom caminho para identificar erros e acertos.

A etapa seguinte é escolher uma plataforma de vendas que facilite a gestão dos negócios e reúna os recursos necessários para o seu sucesso. 

Entre as soluções de destaque do mercado brasileiro está a plataforma de vendas online Olist, que já conta com milhares de lojistas parceiros em mais de 180 países. No tópico a seguir, explicamos detalhes sobre essa solução.

Como o Olist ajuda sua loja a ter uma gestão de vendas centralizada

Com soluções diferentes para cada porte de negócio, a plataforma Olist permite uma gestão centralizada de produtos, pedidos, logística e finanças. 

Além disso, a altíssima reputação do Olist dá a produtos de lojas parceiras muito mais visibilidade e performance no ecommerce.

Entenda como o Olist pode contribuir com a gestão das suas vendas:

Gestão centralizada de pedidos 

Lojas parceiras do Olist conseguem anunciar produtos em mais de 10 marketplaces diferentes com um único contrato. Entre os sites integrados estão Mercado Livre, Americanas, Submarino, Shoptime, Ponto Frio e muitos outros. 

Dessa forma, o lojista não precisa ter contas separadas em cada um dos canais e ganha escalabilidade.

Além de acelerar as vendas online e gerar mais liquidez para lojistas, o Olist permite uma gestão de vendas centralizada e eficiente. 

Quem usa a plataforma consegue gerenciar em um único local diversos processos de venda, como cadastro de produtos, faturamento de pedidos e acompanhamento financeiro.

Integração com ERPs, plataformas e empresas logísticas

Outra vantagem da plataforma Olist é a integração com os principais ERPs e plataformas de ecommerce do mercado. 

Algumas das dezenas de integrações disponíveis são: Bling, Tiny, Tray, VTEX e Ideris. Isso contribui muito para a centralização das vendas e gestão operacional.

O Olist também oferece uma série de vantagens logísticas aos parceiros, incluindo uma tabela de frete extremamente competitiva e o serviço de coletas (válido para algumas regiões). 

Isso é possível graças às condições exclusivas que o Olist tem com Correios e transportadoras privadas, como Jadlog e Loggi.

Dashboard amigável e ferramentas para alta performance

Criada em 2015, a plataforma do Olist já passou por uma série de mudanças focadas no sucesso de lojas parceiras. 

Hoje, quem vende com o Olist tem acesso a um dashboard amigável que reúne as informações mais importantes relacionadas à performance operacional do negócio.

Junto a isso, a plataforma conta com recursos que auxiliam lojas parceiras a terem uma estratégia mais assertiva. 

A ferramenta de competitividade, por exemplo, indica ao lojista se o preço dos produtos cadastrados é competitivo em relação à concorrência.

Economia de tempo e dinheiro para a sua loja

O Olist é o caminho mais rápido, fácil e barato para quem quer conquistar uma gestão eficiente e crescer vendendo online. 

Por meio do ecossistema de vendas Olist, lojas parceiras ganham tempo para focar em estratégia e alta performance.

Com a parceria, a loja não precisa se preocupar com marketing, contratos logísticos ou atendimento ao cliente final, por exemplo. 

Na prática, o lojista só precisa cadastrar seus produtos na plataforma, faturar os pedidos e despachar as encomendas, focando em uma boa operação de venda.

Por que vender sozinha se a sua loja pode vender com o Olist? Aproveite esse ecossistema de vendas completo e fature muito mais no Ecommerce! 

Conheça a condição especial do Olist para leitores do blog Ecommerce na Prática clicando aqui.

Quer saber mais sobre o Olist? Então confira o post no qual explicamos o que o Olist faz!

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/o-que-e-gestao-centralizada

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram