Grupo Premier

oBlog GP

ESG: O que significa a sigla e porque ela é tão importante para empresas?   Blog Empresas

ESG: O que significa a sigla e porque ela é tão importante para empresas? – Blog Empresas

Com tantos avanços da tecnologia, a sociedade está em constante mudança, não é mesmo? Quem não acompanhar essas tendências pode ficar para trás. Uma dessas transformações é o conceito de ESG, com o qual as empresas precisam se adaptar para sobreviver no curto, médio e longo prazos.

Mas você sabe o que significa essa sigla? O que acha de tirar as suas dúvidas sobre o assunto? Continue a leitura deste artigo e descubra!

O que é ESG?

ESG é a sigla para Environmental, Social and Governance (que é traduzida como Ambiental, Social e Governança) foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), durante um evento que reuniu instituições financeiras de vários países. A proposta do conceito é definir vários critérios e ações que devem ser colocados em prática para solucionar problemas envolvendo os três tópicos.

Na produção do relatório desse evento, foi criado o material que serve como base de todas as ações ESG: o Who Cares Wins, que pode ser traduzido como Ganha quem se Importa. A ideia foi reunir todos os conceitos e pontos levantados ao longo do encontro em um só documento, colocando objetivos e metas bem claros que precisam ser alcançados por cada empresa.

Em resumo, a proposta é melhorar os seguintes aspectos:

  • construir mercados financeiros mais fortes e resilientes;
  • contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade;
  • entender e compreender os impactos nos stakeholders;
  • melhorar a confiança do mercado nas instituições financeiras.

Qual a importância dessa política?

Mas por que o ESG é um tema tão importante? Separamos alguns dos motivos para uma empresa, para o planeta e também para os investimentos. Confira!

Para a empresa

Apesar de comprar uma ação, são poucos os investidores com algum tipo de voz ativa nas decisões de uma companhia. O que se considera, portanto, é que a organização vai adotar certas práticas para assegurar o desenvolvimento sustentável e duradouro do negócio.

Mas já não é mais necessário apenas esperar que o comportamento seja esse, é possível acompanhar informações de perto. Os investimentos em ESG precisam seguir diretrizes e práticas relacionadas ao trabalho de governança e compliance.

A empresa deve adaptar seus processos e métodos internos para atuar com mais transparência, por exemplo. Uma ação nesse sentido é a divulgação periódica de resultados financeiros para que investidores e o mercado tenham uma visão mais completa do que acontece.

Ao permitir que o investidor possa fazer uma análise, a empresa ganha a confiança do mercado. Ela passa a mensagem de que confia no que está sendo feito e está aberta para estudos. Uma companhia poderia, simplesmente, esconder todos esses números, sustentar resultados positivos por um curto período até que um problema mais grave fosse revelado.

Poder acompanhar o desempenho da empresa é um diferencial para o investidor que está sempre em busca de melhores resultados e mais segurança. Ter mais proteção nas práticas anticorrupção também indica uma gestão mais saudável. A tendência é que o negócio seja administrado de forma mais eficiente ao longo dos anos.

Para o planeta

Saindo um pouco da questão financeira, investir em ações ESG também é uma forma de contribuir com o meio ambiente. Afinal, você está comprando parte de uma companhia que se preocupa com tais questões. Por mais que as empresas tenham grande responsabilidade no processo de mudança dos impactos ambientais, cada indivíduo também precisa lidar com os seus deveres.

Um investidor que não se importa com questões sustentáveis, e segue aportando recursos em empresas que contrariam todas essas diretrizes, também tem sua parcela de responsabilidade nos impactos causados. A compra de uma ação serve, entre outras coisas, como validação do que está sendo realizado. Ao olhar com mais cuidado para as ações ESG, a mensagem é exatamente a oposta.

Por fim, investir em ações ESG ajuda a incentivar que mais empresas olhem para tais diretrizes e leva quem já implementou o conceito a seguir procurando por alternativas sustentáveis. De certa forma, trata-se de um reforço do ciclo sustentável no mercado, reiterando o valor que a sociedade em geral enxerga nas práticas estipuladas pela ESG.

Para os investimentos

Outro benefício significativo de investir em ações ESG é a maior certificação de qualidade que você vai ter. Para quem está procurando por ações em uma área sem tanto conhecimento ou, até mesmo, deseja investir em mercados externos, utilizar os critérios referentes a Ambiental, Social e Governança pode direcionar melhor seus aportes.

Quanto mais informações sobre uma ação, maiores são as chances de acerto, não é mesmo? O trabalho fica ainda mais simples quando são utilizados os critérios de ESG para nortear suas escolhas. Dessa forma, mesmo que você não conheça todas as informações e detalhes sobre uma companhia, ainda tem a garantia de que os padrões ESG oferecem mais segurança em novos investimentos.

Resultados a curto prazo sempre são importantes, e é natural que investidores busquem por essas alternativas em suas carteiras. Mas ainda mais relevante é ter a certeza de que suas ações vão ser valorizadas continuamente. Como as informações apresentadas ao longo deste artigo mostram, é bastante significativa a valorização dos ativos que seguem as diretrizes da ESG.

Especialmente a longo prazo, a tendência é de que seu investimento dê resultados vantajosos. E ainda melhor: uma companhia que preza pelos critérios da ESG tem tudo para continuar se desenvolvendo e evoluindo de forma sustentável e saudável. Sem passos maiores do que as próprias pernas, sem complicações por casos de má gestão, as suas ações são valorizadas.

Cuidados a se tomar: greenwashing e rainbow wash

Quando se fala em ESG, é preciso tomar muito cuidado com alguns termos específicos: greenwashing e rainbow wash. Basicamente, trata-se de fingir apoiar essas causas, mas não reproduzir os discursos na prática.

Isso significa que uma empresa que diz seguir o ESG precisa ter uma postura diária nesse sentido. Caso contrário, os próprios consumidores vão identificar o erro e acabar deixando a sua marca para trás.

Além disso, ao realizar essas práticas, a sua empresa fica marcada negativamente pelos investidores e consumidores, que passam a não confiar no que você divulga. Por isso, evite realizar greenwashing e rainbow wash, pois isso pode prejudicar por um longo período de tempo o seu negócio.

Quanto mais informações sobre esse mercado, maiores são as chances de entender quais são as tendências na sociedade atual, e também como a sua empresa pode se preparar para adotar questões relacionadas ao tema.

Agora que você já sabe o que é ESG, o que acha de seguir por dentro de conteúdos como este? Assine a nossa newsletter!

Fonte: empresas.serasaexperian.com.br/blog/esg-o-que-significa-a-sigla-e-porque-ela-e-tao-importante-para-empresas

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram