Grupo Premier

oBlog GP

Ele superou a falência 2 vezes e hoje comanda um Negócio de Sucesso

Ele superou a falência 2 vezes e hoje comanda um Negócio de Sucesso | Ecommerce na Prática

Compartilhar333CompartilharTwittarPin333 Compart.

Um negócio de sucesso não é feito apenas com acertos. Aliás, no meio do caminho, é normal cometer muitos erros antes de alcançar os seus objetivos. E essa história não foi diferente com Bruno de Oliveira. Durante sua trajetória de mais de 18 anos no comércio físico e digital, ele enfrentou momentos difíceis na carreira, indo à falência 2 vezes.

Hoje, depois de tantos altos e baixos, o Bruno é dono de diversas microempresas e o negócio de sucesso que rende um faturamento milionário, praticamente dobrando de tamanho desde sua criação…o Ecommerce na Prática.

Não é à toa que ele considerado um dos maiores especialistas em Ecommerce do país.

Sua trajetória e sucesso, inclusive, são inspiração para diversos empresários…

Durante este artigo, vou te contar como o Bruno superou 2 falências ao longo da carreira e os aprendizados que colheu pelo caminho.

No vídeo abaixo, o próprio Bruno conta como foi essa trajetória. Confira:

Índice:

A PRIMEIRA LOJA FÍSICA 

A PRIMEIRA LOJA FÍSICA
A PRIMEIRA LOJA FÍSICA

Aos 19 anos, Bruno resolveu expandir o seu negócio de vendas de cartucho para o mundo físico. 

Ele já vendia esses produtos por meio de marketplaces, mas a demanda aumentou, as vendas fluíram e, em pouco tempo, ele achou que era o momento certo para abrir a sua primeira loja física. 

Na época, ele pesquisou por vários pontos e encontrou uma loja física em um Shopping não muito movimentado, no Rio de Janeiro. Apesar do movimento de pessoas no local ser muito abaixo do esperado, era o ponto mais em conta para investir. 

Ele não tinha tanto dinheiro para investir e, com a reforma e compra de estoque mínimo, acabou investindo quase todo o dinheiro que tinha naquele momento.

Isso o deixou sem capital de giro –  parte do investimento que forma uma reserva de recursos para amparar as necessidades financeiras da empresa ao longo do tempo.

Mesmo assim, ele tocou o negócio e continuou divulgando através da internet, distribuindo panfletos pela região, fechando parceria com condomínios próximos para colocar anúncios nas caixas de correios, entre outras que davam resultado… 

Com essas ações, a loja física começou a dar certo e o volume de vendas cresceu com o passar do tempo. Para alavancar de vez, o Bruno resolveu anunciar no site Boa Dica. 

No mesmo dia em que ele anunciou, o negócio começou a bombar! 

Porém, os produtos de informática, que tinham uma margem de lucro muito apertada, começaram a vender mais do que os cartuchos. Isso ia contra os planos do Bruno de vender mais cartuchos e ter uma margem maior…

E, como estavam vendendo, ele precisava de mais produtos para repor…

Foi aí que as coisas começaram a complicar.

CILADA: FORNECEDOR ERRADO

O Bruno tinha parceria com um lojista distribuidor e comprava a mercadoria diretamente com ele. 

Funcionava dessa maneira: o lojista fazia um pedido de 100 mil reais, por exemplo, e Bruno entrava com 10% desse valor para pegar uma parte do pedido para montar o estoque. 

Um dia, o lojista resolveu fazer um pedido maior, no valor de 500 mil reais, e negociou para que Bruno investisse pelo menos 100 mil reais (20%). 

Ele aceitou a proposta, mas, para arcar com o valor, precisou pegar todo o capital de giro do negócio e queimar o estoque. Com isso, juntou 60 mil reais e combinou de pagar os outros 40 mil para o lojista quando recebesse mais mercadoria. 

Parecia ser um ótimo negócio… só que se tornou um pesadelo.

Nesse meio tempo, Bruno descobriu que a mercadoria era trazida do Paraguai como contrabando. 

E, para piorar, o pedido foi apreendido no meio do caminho. 

Ou seja: 60 mil reais que ele investiu foram jogados no lixo.

O negócio entrou em queda livre depois disso, porque os produtos que sobraram na loja não eram o bastante para sustentá-la…

Com essa situação, o aluguel começou a atrasar e as dívidas foram surgindo.

Sem saída, o Bruno resolveu fechar a loja. 

Na época, ele ficou tão decepcionado que quase desistiu de empreender. 

A resiliência foi fundamental para que Bruno não desistisse de continuar no empreendedorismo. Mas, antes, ele arrumou um emprego CLT no qual ganhou dinheiro o suficiente para quitar toda a dívida que a loja tinha gerado. 

Só então voltou a empreender.

A GRANDE VIRADA… 

Com as dívidas quitadas e pronto para se reerguer, o Bruno montou um Ecommerce de cartuchos e abriu uma nova loja física no ano seguinte, em 2005. 

O sucesso dessa loja foi tão grande que Bruno conseguiu abrir mais de 90 lojas de cartucho, 37 delas ao mesmo tempo. 

Além disso, construiu a maior empresa de Suprimentos para Impressão do Brasil e faturou milhões de reais com serviço de recarga de cartucho, construindo um verdadeiro negócio de sucesso.

Tudo estava funcionando como ele tinha planejado…

Mas, em 2011, uma nova onda chegou para abalar a empresa. 

… E A GRANDE QUEDA.

E A GRANDE QUEDA.
E A GRANDE QUEDA.

O varejo do Rio de Janeiro passou por uma forte crise em 2011. Como já não bastasse a crise geral, o segmento de impressão também estava perdendo força no mercado. 

As novas tecnologias mudaram o hábito das pessoas, que estavam deixando de imprimir e consumindo cada vez mais conteúdos, materiais, entre outras coisas por meio da internet. 

Como é que ele lidou com essa situação? 

Na tentativa de sustentar o negócio, Bruno usou todo o capital de giro. 

O resultado disso: algumas lojas continuavam a gerar lucro, outras não davam e o capital de giro começou a falhar. 

Com isso, diversos bancos ofereceram empréstimos, mas ele continuou usando o capital de giro até um ponto que, juntando empréstimos e taxas de cheque especial, Bruno gastava 90 mil reais por mês. 

Nesse momento ele percebeu que a estratégia de usar o capital de giro não iria fazer o seu negócio se reerguer. 

E, novamente, ele decidiu fechar 37 lojas e demitiu 100 funcionários de uma vez só. 

Tomada essa decisão, vieram as duras consequências: dívidas trabalhistas, dívidas de rescisão de aluguel, dívidas com bancos… 

Demorou 1 ano para resolver o problema. 

Após conseguir liquidar 80% das dívidas, o negócio voltou a funcionar bem, mas ele não tinha mais paixão pelo que fazia, então decidiu vender a empresa para os sócios. 

E essa acabou sendo a melhor decisão da sua vida.

NEGÓCIO DE SUCESSO

Depois de um período de autoconhecimento e muito estudos, em 2016, Bruno fundou o Ecommerce na Prática para ajudar outros empresários que estavam tentando empreender e precisavam de apoio.

Ele reuniu todo o seu conhecimento para guiar outras pessoas que, como ele, querem independência e ter um negócio próprio, mas não sabem por onde começar ou acabam se perdendo no meio do caminho.

Hoje, o Ecommerce na Prática move o Bruno e toda a sua equipe de mais de 20 pessoas todos os dias com um lema: transformar vidas.

Esse trabalho, que começou com um blog para compartilhar suas experiências, virou um negócio de sucesso que rendeu ao Bruno o título de maior especialista em Ecommerce do país e um faturamento milionário, que quase dobra ano após ano.

APRENDA COM OS ERROS DELE

Às vezes, quando as pessoas conhecem um empreendedor de sucesso, não têm ideia das dificuldades que ele teve que enfrentar ao longo da caminhada até o topo. Acaba que só olham o presente e toda as conquistas que foram acumuladas até hoje. 

A verdade é que, para chegar lá, é provável que o empreendedor de sucesso, como o Bruno de Oliveira, tenha passado por muitos desafios e quedas. A diferença é que ele não desistiu, buscou conhecimento e seguiu em frente em busca do sonho.

O que foi essencial para fazer o Bruno se reerguer após cada queda:

  • Reconhecer o problema
  • Agir antes que vire uma bola de neve grande demais para controlar
  • Buscar conhecimento
  • Encontrar soluções
  • Não desistir

E, com tudo isso, o Bruno também aprendeu a importância do fluxo de caixa, dos bons fornecedores, da negociação, do ponto de venda, da divulgação do negócio… Todos pontos que não considerou da forma como deveria na sua primeira tentativa.

Observar momentos como esse e entender o que foi feito é essencial para você evitar cometer os mesmos erros.

Como dizem: a melhor maneira de evitar erros é aprendendo com o erro dos outros! 

Além disso, ter a ajuda de um profissional qualificado para ajustar o seu Ecommerce vai diminuir os riscos de falência da sua empresa. 

Como o objetivo do Bruno é compartilhar experiências e ajudar pessoas a transformarem suas empresas em um negócio de sucesso, ele criou o programa de Mentoria Ecommerce na Prática. 

Lá, não só ele, mas a Head de Produtos do Ecommerce na Prática, Babi Tonhela, vão mapear todos os pontos que o seu negócio precisa melhorar e criar um plano de ação para você alavancar as vendas de vez. 

Confira mais sobre a Mentoria do Ecommerce na Prática no Link Abaixo

QUERO SABER MAIS SOBRE A MENTORIA

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar333CompartilharTwittarPin333 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/superou-a-falencia-comanda-negocio-de-sucesso

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram