Grupo Premier

oBlog GP

Como vender produtos da China na Internet

Como vender produtos da China na Internet | Ecommerce na Prática

Compartilhar38CompartilharTwittarPin38 Compart.

Produtos da China chegam a ser 200% mais baratos do que os comprados aqui no Brasil, em alguns casos. Por isso, vender produtos importados da China é uma ótima saída para empreendedores de Ecommerce que desejam obter um lucro elevado na área. Neste artigo, vou te ensinar como vender produtos da China na Internet.

Apesar de ser uma atividade extremamente lucrativa, a venda de produtos importados da China precisa ser feita com muito cuidado. Caso contrário, o que era pra ser um diferencial vantajoso acaba se tornando uma grande dor de cabeça.

Por isso, separei aqui um passo a passo para você vender produtos da China na Internet do jeito certo.

Índice:

1 – Estude as Leis para Importação

A venda de produtos importados é totalmente legal quando as leis de importação são corretamente seguidas. Desta forma, o primeiro passo para vender produtos da China na Internet é conhecer a legislação brasileira nesse sentido.

estude a legislação
estude a legislação

Portanto, se você pretende entrar nesse mercado, precisa investir em informações confiáveis sobre o processo de importação de mercadorias, sejam elas quais forem.

Além de artigos de sites confiáveis na internet, você pode também buscar suporte no Sebrae, que oferece centrais de atendimento que podem ajudar a esclarecer suas dúvidas.

Lembre-se: Sempre suspeite de promessas que pareçam boas demais para ser verdade.

Somente assim você fica blindado de falsas promessas de lucros exorbitantes. Na maioria das vezes, elas funcionam através de sonegação de imposto, o que gera consequências graves para quem pratica.

2 – Escolha fornecedores confiáveis

A escolha dos fornecedores é essencial para o funcionamento de um Ecommerce. Quando tratamos de produtos importados, essa escolha se torna ainda mais importante, já que os fornecedores se encontram do outro lado do planeta.

fornecedores para vender produtos da china na internet
fornecedores para vender produtos da china na internet

Recomendo que, para encontrá-los, você busque sites reconhecidos que apresentem os preços mais acessíveis para importar. Listei alguns aqui para te ajudar:

Ao entrar em algum dos sites acima para fazer a procura por fornecedores, se atente às suas avaliações. Empresas com avaliações baixas têm maior tendência a atrasos na entrega ou um serviço ruim.

Em seguida, entre em contato antes de realizar uma compra para conferir a disponibilidade dos produtos e a forma de entrega para o Brasil.

Faça isso com todos os possíveis fornecedores, de modo que você tenha em mãos todas as informações necessárias para fazer a escolha certa.

Ao escolher, comece com pedidos pequenos para testar a qualidade do serviço e conferir se os produtos são entregues dentro do prazo e sem danos.

3 – Defina a forma de importação

A forma de importação afeta a lucratividade do negócio e também a estruturação das vendas. Essa é a parte mais importante do processo de vender produtos da China na internet.

É necessário estudar e avaliar a opção mais vantajosa para os objetivos do negócio. Ela deve estar de acordo com o orçamento disponível para investimento.

Existem 4 formas de importação no Ecommerce:

Dropshipping:

O dropshipping se baseia na terceirização da logística de estoque e entrega dos produtos. Nesse modelo, essas responsabilidades, que inicialmente ficam nas mãos do lojistas, são repassadas aos fornecedores.

dropshipping
dropshipping

Você, como lojista, fica apenas encarregado da parte operacional da loja virtual. Tudo relacionado ao produto fica sob responsabilidade do fornecedor.

No caso de produtos importados, o tempo de entrega deve ser devidamente informado ao cliente.

Apesar de ser uma estratégia que parece ser incrível, principalmente pelo baixo custo inicial e por ser relativamente simples, o dropshipping apresenta uma série de riscos.

Alguns desses riscos são: atrasos na entrega, dificuldade em achar fornecedores, pouco controle de qualidade, dificuldade de sincronização de catálogo…

Confira o artigo “Dropshipping vale a pena?” e tire suas próprias conclusões.

Importação direta

Na importação direta, você faz a compra diretamente com o fornecedor da China. Quando a mercadoria chega ao Brasil, precisa ser estocada.

importar produtos da china para vender na internet
importar produtos da china para vender na internet

Para fazer isso, a sua empresa precisa, primeiro, estar habilitada junto à Receita Federal para realizar a importação direta. Dessa forma, as etapas desse modelo são as seguintes:

  • Habilitação do Radar do importador (autorização para importar);
  • O importador estuda os produtos e fornecedores;
  • O importador entra em contato e negocia com os fornecedores escolhidos;
  • O fornecedor é pago e começa então o processo de envio da mercadoria.

A importação direta apresenta vantagens consideráveis, como preservar o contato com o fornecedor para operações de médio a longo prazo. 

Também é possível ter uma margem maior de negociação de preços e definir uma logística de entrega que reduza custos.

Se feita de uma maneira profissional, a importação direta possibilita o desenvolvimento da equipe interna e exclui intermediários no processo de importação.

Há, no entanto, algumas dificuldades que esse modelo pode apresentar… Como o desconhecimento dos mercados fornecedores, dificuldades de comunicação e negociação e falta de histórico de importação.

Por isso, se você optar por essa forma de importação, é muito importante que estude bem o mercado. Assim poderá negociar sabendo exatamente o preço praticado.

Esses empecilhos podem ser reduzidos se a empresa contar com o apoio de profissionais e empresas especializadas na área de comércio internacional.

Trading (Importação Indireta)

Nesse modelo, uma empresa mediadora fica responsável pela importação do produto, ajudando e agilizando o processo.

Essa empresa poderá ter a exclusividade da operação do produto desejado ou ser apenas um facilitador (intermediário entre o importador e o exportador).

Nesse caso, toda a operação de importação é coordenada pela empresa intermediária, desde a autorização para importar até a coordenação do embarque.

Uma das vantagens do Trading é que a empresa intermediadora pode ter um poder de barganha maior sobre o fornecedor, uma vez que já está familiarizada com o mercado.

Além disso, o intermediador terá maior facilidade com comunicação, negociação e conhecimento dos processos burocráticos característicos das operações de importação.

Uma desvantagem, no entanto, é que contar com uma intermediadora pode resultar na perda de controle do processo de importação, além de não poder estabelecer contato direto com os fornecedores.

Importa Fácil

Essa é, talvez, a solução mais indicada para empreendedores que desejam entrar no mercado de importação e revenda de produtos da China.

Esse modelo nada mais é que um serviço disponibilizado pelos Correios, que permite a importação de até 3 mil dólares, ou aproximadamente 12 mil reais (2019), em mercadorias, desde que não ultrapasse 30 quilogramas por remessa.

importa fácil
importa fácil

Para usar esse serviço, basta solicitar que o fornecedor faça a postagem no exterior em uma modalidade postal na qual a importação chegue diretamente nos Correios do Brasil.

Comece a vender produtos da China na Internet

A importação de produtos da China para revenda é uma excelente oportunidade de negócio, desde que seja feita da maneira certa.

Como os produtos vindos de lá são extremamente mais baratos, importá-los para vender na internet é ótimo para aumentar os lucros da sua empresa.

Além disso, vender produtos da China também é uma forma de se diferenciar da concorrência, uma vez que algumas mercadorias de lá não são encontradas em fornecedores nacionais.

Seguindo as dicas que te dei, você tem o suficiente para começar ainda hoje a vender produtos da China na Internet.

E para não ficar de fora de todas as novidades que acontecem no mundo dos negócios, te convido a assinar, de maneira gratuita, a Lista VIP do Ecommerce na Prática.

Fazendo isso, você receberá por email conteúdos exclusivos, que te ajudarão na sua jornada dentro do empreendedorismo.

Não perca essa oportunidade, assine a nossa Lista VIP!

QUERO RECEBER CONTEÚDO GRATUITO!

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar38CompartilharTwittarPin38 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/como-vender-produtos-da-china-na-internet

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram