Grupo Premier

oBlog GP

Como Vender Online: 8 Dicas ESSENCIAIS

Como Vender Online: 8 Dicas ESSENCIAIS | Ecommerce na Prática

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Não importa em qual estágio você está agora na sua empresa, essas dicas sobre Como Vender Online servem para quem está começando e também para quem está escalando a empresa no Ecommerce.

Aqui, vamos pontuar algumas questões que, às vezes, passam despercebidas pelos empreendedores ou simplesmente não têm o conhecimento sobre o  assunto. 

A ideia é que depois da leitura deste artigo, você estude ainda mais cada um dos tópicos e faça a sua empresa crescer rapidamente. 

Agora, confira as dicas VALIOSAS que selecionamos especialmente para você.

No vídeo abaixo, o Bruno de Oliveira, CEO do Ecommerce na Prática, dá 7 dicas para ter sucesso vendendo na internet. Assista: 

como vender online
como vender online

Assista à Palestra Ecommerce do Zero (100% Online e Gratuita) e aprenda a criar seu próprio negócio de sucesso na internet.

Índice:

1- Saber a diferença entre Oferta e Produto

Uma pergunta que você precisa refletir antes de qualquer coisa é: você está tentando vender o seu produto ou a sua oferta? 

A princípio, essa pergunta já vai te ajudar a entender melhor a diferença entre esses termos.

Mas nós vamos explicar com mais detalhes… 

Nós colocamos essa dica aqui para você entender que os seus clientes não querem comprar apenas o seu produto, eles querem comprar os benefícios e soluções que ele traz. 

Ou seja, qual é o valor que o seu produto tem para que as pessoas se interessem por ele e comprem?

Sabendo disso, você consegue usar esse valor dentro da sua oferta, dos seus anúncios, que serão baseados na realização de desejos ou na solução de dores. 

2- Precificar o Produto Corretamente

Essa dica parece um pouco óbvia, mas ainda tem gente que erra bastante quando o assunto é precificação de produtos.. 

Então, se você não sabe precificar ou tem alguma dúvida com relação a preços e ticket médio, busque por conhecimento! É importante ter conhecimento o suficiente para fazer esse cálculo do jeito certo. 

Afinal, a precificação errada pode gerar prejuízos irreversíveis para o seu negócio online. 

Aqui no Blog já falamos sobre esse assunto com mais detalhes. Saiba mais: Precificação De Produto: 4 Dicas Infalíveis Para Não Ter Prejuízo

3- Focar nas dores e necessidades da Persona

Entender quais são as dores e as necessidades da sua Persona é fundamental, pois elas serão as suas argumentações para quebrar objeções e solucionar essas dores do seu cliente ideal. 

“Ah, mas a minha persona ainda não está definida e eu também não sei por onde começar”. 

A persona é uma representação fictícia do seu público, como se fosse um personagem criado para simbolizar o cliente ideal da sua empresa. 

Para criar essa representação, você precisa de informações comportamentais como:

  • Personalidade;
  • Gostos;
  • Problemas;
  • Entre outros pontos!

Dessa forma, você consegue criar a sua persona! Além disso, existem algumas ferramentas que podem te ajudar nessa tarefa como o Similarweb, o Semrush e até mesmo o Google.  

Para saber mais sobre essas ferramentas leia também: 14 Ferramentas Simples Para Criar Uma Persona.

4- Construir uma boa Audiência

A ideia é produzir conteúdo relevante para aumentar a sua audiência e mantê-la aquecida, sempre engajando e, principalmente, comprando o seu produto. 

Para isso, você pode utilizar as redes sociais e postar conteúdo de valor por lá. As estratégias de Marketing de Conteúdo vão te ajudar bastante nessa etapa. 

E quanto mais você conhece a sua persona, mais fácil fica de criar conteúdos que realmente sejam relevantes para ela. 

Ou seja, conhecer o público ideal faz parte de uma estratégia base para o seu negócio, pois é com ele que você consegue alinhar a comunicação, as ofertas e aumentar a audiência! 

E qual é o lado bom de ter uma boa audiência?

Apesar de o número de seguidores não ser muito relevante, por outro lado, quanto mais pessoas engajadas com a sua marca, mais chances delas comprarem de você. 

Por isso, é fundamental aliar a construção de audiência com o marketing de conteúdo para ter um bom número de pessoas conectadas com a sua empresa. 

5- Criar anúncios que convertem

E estamos falando de bons anúncios, ok? Focados no público certo (olha só a persona de novo aí), com bons argumentos e com uma oferta irresistível. 

Afinal, se você não anunciar o seu produto, dificilmente as pessoas vão te achar na internet. 

Principalmente, se você começou a vender online a pouco tempo… Lembre-se: para conseguir alcançar mais pessoas com os seus produtos é necessário anunciá-los na internet. 

E isso significa que você precisa investir nessa área, impulsionando bons conteúdos nas redes sociais, criando campanhas no Google Ads, entre outras várias opções de anúncios online.

6- Focar na Retenção de Clientes

Hoje, adquirir clientes está muito caro e é provável que esse novo cliente não compre de você logo de cara. Por isso, o foco deve ser na retenção de clientes! 

Não basta atrair clientes todos os dias para dentro da sua loja online, a ideia é que você trabalhe para mantê-los na sua base de clientes ativos!

O mais importante é ganhar a confiança do  cliente para que ele se fidelize com a sua empresa. 

Isso porque, infelizmente, comprar apenas uma vez não é o suficiente para valer o custo que você tem para adquirir esse consumidor.

Leia também: Como Reter Clientes Em Apenas 5 Passos

7- Aprender mais sobre Tráfego Pago

O Marketing de Conteúdo, como falamos acima, é responsável pelo tráfego orgânico do seu negócio. Mas apostar somente nesse tipo de tráfego não vai gerar resultados expressivos para o seu negócio. 

Nós recomendamos que você una as estratégias de tráfego pago com as estratégias de tráfego orgânico…

Dessa forma, você consegue aumentar o alcance da sua loja na internet para vender! 

E por mais que você tenha um profissional cuidando dessa área, é importante que você entenda o que eles estão fazendo para conseguir cobrar resultados. 

Portanto, estude os princípios básicos do tráfego pago para que você consiga analisar os dados, cobrar dos profissionais da área e melhorar as suas campanhas com um olhar macro. 

8- Diversificar os Canais de Venda

Muitas pessoas cometem o erro de apostar apenas em um canal de venda, o que limita as chances de venda e também é perigoso para a saúde do seu negócio… 

Afinal, pode ser que um dia a plataforma que você utiliza não vá bem das pernas e o seu negócio, que é dependente dele, vai acabar indo para o mesmo caminho… 

Por isso, não foque apenas um canal de venda para não ficar dependente! Procure anunciar nos principais marketplaces, nas redes sociais e ter o seu próprio site.

Gostou das dicas? Esperamos que você não pare por aqui e continue na busca por conhecimento em cada um desses tópicos… 

E para você colocar essas e outras dicas em prática, assista à Aula Gratuita…

Como vender Online e faturar até 30 mil reais em 90 Dias

Nesta aula 100% Online e Gratuita, você vai conhecer o método exclusivo criado pelo maior especialista em Ecommerce do Brasil, Bruno de Oliveira.

Nela, você vai aprender como criar um Ecommerce DO ZERO!

Tudo isso de uma forma simples, segura e lucrativa.

Assista à aula gratuitamente Aqui:

QUERO ASSISTIR À AULA GRATUITA

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/dicas-como-vender-online

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram