Grupo Premier

oBlog GP

Como vender na B2W [Americanas, Submarino, Shoptime]

Como vender na B2W [Americanas, Submarino, Shoptime] | Ecommerce na Prática

Compartilhar100CompartilharTwittarPin100 Compart.

Já pensou como seria vender na Americanas, Submarino e Shoptime? Através da B2W Marketplace, isso é possível. Hoje você vai tirar todas as suas dúvidas sobre como vender na B2W e se ela é a melhor escolha para você.

Leia mais: Aumentando resultados de sua loja com os marketplaces

O que é a B2W
O que é a B2W

Índice:

O que é a B2W

Ela é uma plataforma que permite que você venda seus produtos dentro dos sites da Americanas.com, Submarino e Shoptime, intermediando a relação entre você e o cliente.

Ou seja, se você não sabia como vender nas Americanas ou como vender no Submarino, essa é a sua chance de pensar a respeito.

A B2W Marketplace tem se destacado e já compete com outro gigante do mercado, o Mercado Livre. Isso tem tudo a ver com os marketplaces que abriga e com o poder que eles já têm junto aos clientes.

Se você nunca ouviu falar em nenhum desses marketplaces, deixa eu te contar melhor:

Americanas.com

Uma dos maiores Ecommerce do Brasil, com inúmeras visitas diárias. Conhecida por vender vários produtos diferentes.

  • 52% do público é masculino;
  • 54% do público concentra-se entre os 15 e 34 anos;
  • 54% do público concentra-se na região sudeste.

Submarino

O Ecommerce da tecnologia e inovação. É uma marca essencialmente digital voltada para um público mais jovem.

  • 53% do público é masculino;
  • 53% do público concentra-se entre os 15 e 34 anos  – a maioria entre 18 e 34 anos;
  • 50% do público é formado por pessoas das classes A e B;
  • 50% dos visitantes possui o ensino superior e 20% é pós-graduado;
  • 65% do público é formado por heavy users (consumidores potenciais).

Shoptime

Esse foi o primeiro canal de homeshopping no Brasil. Hoje é considerada uma marca multicanal, marcando presença na TV, site de catálogo e com um viés de marca familiar.

  • 55% do público é feminino;
  • 53% do público tem entre 25 e 44 anos;
  • 62% do público concentra-se na região sudeste;
  • É segmentado para as classes A, B e C.
Como vender na B2W
Como vender na B2W

Como funciona a B2W Marketplace

A B2W funciona como um mediador entre o vendedor e o cliente. 

Essa é uma oportunidade interessante para que pequenos lojistas utilizem o nome de grandes marcas para anunciar os seus produtos, aumentando a sua visibilidade e, consequentemente, o seu faturamento.

Desse modo, a marca se coloca como um canal importante de venda para pequenos empreendedores, pois oferece um tráfego qualificado aliado à promessa de uma excelente experiência de compra para o consumidor.

Como começar a vender na B2W

O Alex Moro, especialista em marketplace, fala sobre como vender na B2W e tira todas as suas dúvidas. Confira aqui:

Agora que já ficou claro a relevância da B2W para quem vende online, é hora de entender como começar a vender por lá.

Para fazer o seu cadastro e começar a vender, você vai precisar inserir as seguintes informações:

  • Dados gerais do seu negócio: CNPJ, razão social, nome fantasia, inscrição estadual e municipal, ramo de atividade, site e faturamento anual;
  • Em endereço da empresa, será preciso fornecer dados como CEP, rua, número, bairro, estado e cidade onde o CNPJ foi aberto;
  • Dados pessoais: nome completo, CPF, telefone, email e confirmação de email;
  • Caso já utilize algum marketplace, deve informar já vende;
  • Depois do cadastro, a B2W vai analisar as suas informações e liberar você para começar a vender.

    Preste atenção também se você for MEI, porque a B2W bloqueia o seu faturamento do mês se ele passar de 15 mil reais. Quando o mês vira, ela libera o resto.

    Você pode realizá-lo através deste link.

    É possível cadastrar empresas de todos os portes nesta plataforma. Para fazer isso, porém, é importante que você tenha:

    • Um CNPJ ativo e sem restrições;
    • CNAE no setor “Comércio Varejista” (Ex: iniciados com 45 ou 47 para MEs e de Comerciante para MEIs);
    • Nota fiscal eletrônica (NFe) via Sintegra ou, no caso de MEIs, também pode ser a nota fiscal avulsa (NFa) no site da Receita Federal;
    • Certificado Digital (e-CNPJ) para assinar o contrato digitalmente;
    • Contrato Social, onde consta o capital social da empresa com um montante igual ou superior à R$1 mil;
    • Possuir uma conta corrente vinculada ao CNPJ de cadastro;

    Além disso, a B2W recomenda que o vendedor apresente a Certidão Negativa de Débitos (CND) para provar que não existem débitos pendentes no CNPJ.

    Se não fizer isso, as vendas serão permitidas com um limite de faturamento de até 5 mil reais  por mês.

    Outro detalhe importante está relacionado a Hub.

    Você tem duas opções: ou integrar vários marketplaces em um Hub, ou usar o Hub da própria B2W, a Skyhub, o que pode ser sua melhor opção caso não queria investir por agora, já que a Skyhub é de graça.

    Se você já tem um Hub, ele vai conectar com a Skyhub e vai mandar para a B2W.

    Como cadastrar produtos
    Como cadastrar produtos

    Como cadastrar produtos na B2W

    Para cadastrar os seus produtos na B2W Marketplace, é importante pôr o peso e medida da mesma forma que vai no correio, em vez de apenas o peso da mercadoria.

    Além disso, a B2W disponibiliza 3 maneiras diferentes de fazer o cadastro dos seus produtos no site.

    Cadastro por Integração Massiva

    Essa é uma forma de cadastro automática de todos os seus produtos por meio de um ERP (Planejamento de Recursos Empresariais), plataforma de Ecommerce ou integradora de marketplace.

    Para isso, é preciso que seu sistema seja homologado com o B2W Marketplace.  

    Essa é uma ótima maneira para quem tem um sortimento de produtos muito grande, já que oferece ao varejista maior agilidade e capacidade de gestão, o que garante maior eficiência operacional.

    Cadastro Manual Massivo

    Através de uma planilha disponibilizada pela B2W, é possível cadastrar os seus produtos de forma massiva.

    É preciso preencher os dados solicitados de todos os produtos e, em seguida, fazer um upload da planilha para o sistema da B2W.

    Cadastro Manual Unitário

    Essa é uma maneira de cadastrar os seus produtos individualmente e de forma manual.

    Você vai preencher um formulário de cadastro e especificar todas as informações dos seus ítens com nome, imagem, descrição e categoria.

    quanto custa vender na B2W
    quanto custa vender na B2W

    Quanto custa vender na B2W

    O valor de taxas e comissões costuma ser algo que gera receio nos vendedores digitais. Isso acontece porque consideram injusto ter que pagar para vender em um local, por menor que seja a taxa.

    No entanto, pense o seguinte: numa loja física, você pagaria o aluguel do espaço – sem falar em todas as outas contas de manutenção e uso. Em uma loja virtual própria, você pagaria o domínio e o agregador do site, além de gastar muito mais fazendo anúncios para que as pessoas saibam que a sua loja existe.

    No marketplace, você não precisa fazer nada disso. Pensando em custos, essa é a forma mais barata de vender online.

    E uma ótima notícia é que a B2W não cobra nem taxa de setup, nem mensalidade.

    Lá, você é cobrado apenas pelas vendas aprovadas. A taxa da comissão que fica para a B2W é fixa: 16% em cima do total da venda (produto e frete).

    O valor da venda cai direto na conta?

    Os pagamentos do seu produto são feitos quinzenalmente, seguindo esta regra:

    • Pedidos entregues ao transportador entre os dias 01 e 15: são pagos no primeiro dia do mês seguinte (ou próximo dia útil)
    • Pedidos entregues ao transportador entre os dias 16 e 31: são pagos no dia 16 do mês seguinte (ou próximo dia útil)
    A hora da venda
    A hora da venda

    A hora da venda

    Quando uma venda é realizada a B2W, como um método de segurança, faz uma análise de risco e fraude.

    Assim que a venda for autorizada, você recebe um alerta e fica responsável de levar a encomenda para a agência dos Correios mais próxima.

    A partir desse momento, a B2W fica responsável pela entrega e rastreamento.

    Para itens fora da dimensão dos Correios, você que fica responsável por todo o processo da entrega.

    Leia mais: Formas de Envio no Ecommerce: Veja as Suas Alternativas!

    Vale a pena vender na B2W
    Vale a pena vender na B2W

    Vale a pena vender na B2W?

    Vale. Marketplaces são ótimas apostas quando você vende online, mesmo que já possua sua própria loja virtual. O nome que carregam e o público que conseguem alcançar são duas coisas muito relevantes para você vender ainda mais.

    Entre os diversos benefícios, destaco esses dois:

    • Baixo custo

    Você só paga quando vende e a taxa é irrisória quando comparada aos gastos que teria em outros locais de venda.

    Além de todos os benefícios sobre os quais já falei, o Marketplace já te entrega pronto alguns aspectos importantes, como: segurança dos dados transitados, marketing e, de quebra, uma ENORME base clientes.

    • Alto tráfego

    A base de clientes é exatamente o outro ponto importante. São milhares de compradores na Americanas.com, Submarino e Shoptime, de forma que só pelo tamanho de exposição que você vai receber já vale a pena.

    Botar seus produtos na B2W significa deixar ele exposto em 3 gigantes do Ecommerce. É o lugar ideal para quem deseja que seus produtos sejam bem vistos por muitos consumidores.

    Devo vender só na B2W?

    Aí é outra história.

    Por melhor que seja uma plataforma, diversificar os canais pode ser uma boa estratégia para você.

    Quanto mais visibilidade os seus produtos tiverem, melhor. Ou seja, quanto mais marketplaces e canais você poder participar, maiores são as suas chances de alcançar possíveis clientes e fazer vendas.

    Porém, se ainda está começando, sugiro que escolha um canal e se esforce para dominá-lo. Só depois disso é que deve partir para outros canais.

    Se quiser conhecer outros marketplaces focadas em tipos diferentes de produtos, este artigo por de ajudar.

    Além disso, é importante manter a organização. Crie planilhas e metas para cada Marketplace, de modo que não vai se confundir na hora de fazer a venda e atender algum cliente.

    Como se destacar nos marketplaces

    Agora que você viu como vender na B2W pode ser um ótima oportunidade, o próximo passo é aprender a se destacar a vender bem na plataforma.

    Não só na B2W, mas em qualquer Marketplace. O Treinamento Marketplace do Zero é perfeito para isso.

    Você vai aprender o passo a passo para vender nos maiores Marketplaces do Brasil: B2W, Mercado Livre, Amazon, Magazine Luiza, Submarino e muito mais!

    São mais de 50 videoaulas gravadas pelo Alex Moro, especialista de Marketplaces. Com o selo de qualidade do Ecommerce na Prática, você vai aprender a chegar a 100 MIL REAIS DE VENDAS POR MÊS.

    Sem dizer que você terá acesso vitalício as aulas e sempre poderá tirar dúvidas com a nossa equipe.

    Não perca esse oportunidade de ter o seu emprego dos sonhos e mudar de vida!

    QUERO ME INSCREVER NO TREINAMENTO

    A maior escola de Ecommerce do Mundo.

    Compartilhar100CompartilharTwittarPin100 Compart.

    Fonte: ecommercenapratica.com/blog/como-vender-na-b2w

    Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on telegram