Grupo Premier

oBlog GP

Como usar o Inbound Marketing no seu Ecommerce

Como usar o Inbound Marketing no seu Ecommerce | Ecommerce na Prática

Compartilhar88CompartilharTwittarPin88 Compart.

Atrair clientes é essencial para qualquer negócio, porém pode ser uma tarefa desafiadora. A todo momento a concorrência inventa um jeito de passar a sua frente, seja por meio de preços baixos ou estratégias de marketing altamente eficazes – e caras. Por isso, muitas empresas têm apostado no Inbound Marketing – Marketing de Atração – para conquistar novos clientes no Ecommerce.

Se você nunca ouviu falar nesse termo, mas vem encontrando dificuldades em atrair novos clientes para o seu Ecommerce, esse conteúdo pode te ajudar bastante.

O que é Inbound Marketing

Antes de te falar como usar essas estratégias no seu Ecommerce, preciso que você tenha bem claro na sua cabeça o que significa esse termo “Inbound Marketing”.

Qualquer negócio digital hoje em dia precisa de uma estratégia para atrair clientes. Em um Ecommerce, uma das coisas mais importantes é o tráfego.

Afinal, se as pessoas nem sequer sabem da existência dos seus produtos, como que espera que elas os comprem? Se você não fizer nada, as pessoas não vão simplesmente cair do céu na sua página… Na internet não é assim que funciona.

Por isso, muitos empreendedores apostam no Marketing de Atração para conseguir captar e fidelizar novos clientes.

De forma resumida, o Inbound Marketing é que um conjunto de estratégias com foco em atrair, converter e encantar clientes.

Ele é diferente da publicidade tradicional, pois não corre atrás dos consumidores. Ao invés disso, o Inbound Marketing se utiliza do SEO, Marketing de Conteúdo e estratégias em redes sociais para atrair seus novos clientes.

Vamos dar um exemplo para ficar mais claro:

Digamos que você tenha um Ecommerce de produtos esportivos. Tênis de corrida, camisas de futebol, raquetes de tênis…

Seu público-alvo com certeza se interessa por conteúdos relacionados a esse universo. Portanto, ao pesquisar sobre alguma coisa relacionada ao mundo dos esportes na internet, ele pode se deparar com um artigo que você escreveu, um vídeo que postou nas redes sociais…

Dessa forma, não é a sua publicidade que vai atrás do cliente. Ele que vai até você por se interessar pelo conteúdo produzido pelo seu negócio.

Por isso o nome “Marketing de Atração”: o cliente se sente atraído e encantado pelas coisas que disponibiliza dentro do seu Ecommerce.

Principais características do Inbound Marketing:

  • Comunicação aberta: a marca oferece conteúdo que satisfaça as dúvidas que o público traz. É a partir dessa troca de informações, entre persona e marca, que as pautas dos conteúdos são criadas.
  • Continuidade: em vez de interromper a pessoa com anúncios, o marketing de atração passa a mensagem da marca constantemente, seja pelo blog ou pelas redes sociais.
  • Relacionamento: o Inbound Marketing gera maior engajamento a partir de um relacionamento de confiança. Esse relacionamento é criado a partir do conteúdo relevante que é produzido pela marca, que entretém o seu público-alvo o tempo todo.

Benefícios do Inbound Marketing

O modelo tradicional de marketing pode te ajudar a alcançar mais clientes e aumentar as vendas até certo ponto. E, em geral, isso exige um alto investimento financeiro.

No Inbound Marketing, no entanto, esse processo é contínuo, sendo capaz de fazer da sua marca uma forte referência do segmento..

Esses são alguns dos maiores benefícios de se utilizar as estratégias de Inbound Marketing:

1 – Alcance do público-alvo

Segundo pesquisa da Content Trends de 2018, empresas que fazem marketing de conteúdo alcançam 2,6 vezes mais visitas do que aquelas que o ignoram. 

alcance do inbound marketing no ecommerce
alcance do inbound marketing no ecommerce

E o resultado está diretamente ligado à consistência e quantidade… das empresas analisadas aquelas com mais de 13 peças por mês chegaram a ter 4,4 vezes mais visitas.

Contudo, a grande vantagem do Inbound Marketing é a qualidade do público alcançado.

Como o conteúdo produzido é segmentado, pessoas realmente interessadas pelo seu universo de atuação tendem a chegar até você com maior facilidade.

Por esta razão, o potencial de conversão desses visitantes em leads aumenta. Ainda de acordo coma  pesquisa, as marcas que usam essa estratégia conseguem gerar 3,7 vezes mais leads do que as outras.

2 – Aproximação com clientes

Como já te falei, o Inbound Marketing também é conhecido como “Marketing de Atração”. E isso não foi por acaso.

Uma vez que os conteúdos produzidos são relevantes para o público-alvo, cria-se uma relação de confiança entre cliente e marca. Assim, as pessoas se tornam mais propícias a ouvir as recomendações e indicações feitas pela empresa.

Relação de confiança
Relação de confiança

Isso é diferente de simplesmente empurrar o produto para as pessoas através de publicidade.

Dica: uma relação de confiança é construída com o passar do tempo. Por isso, a constância do Inbound Marketing é fundamental nesse quesito.

3 – Poder de persuasão

Quem trabalha com vendas sabe como a persuasão faz diferença nos resultados. E o conteúdo, neste caso, funciona como ferramenta para te apoiar nesta tarefa, pois influencia, quebra objeções e convence o cliente a realizar a compra.

Vale lembrar que persuadir envolve confiar.

É muito mais difícil vender algo para alguém que está em dúvida em relação a você. Por isso, esse ponto está diretamente relacionado com o de cima.

A confiança gerada pelo Inbound Marketing dá à marca um maior poder de persuasão, pois o cliente se sente mais confortável em comprar alguma coisa que foi recomendada.

Ou seja, o relacionamento criado pelo Inbound Marketing faz toda a diferença no momento mais decisivo da jornada de compra.

4 – Menor ciclo de vendas

O ciclo de vendas é o tempo que você demora para fechar uma venda desde o primeiro contato.

Quanto maior o tempo para converter visitantes e leads em clientes, maior será esse ciclo. Por isso, é fundamental  entender quais os efeitos – positivos e negativos – que suas estratégias de marketing têm sobre o tempo necessário para efetivar uma venda.

O Inbound Marketing, neste aspecto, é uma estratégia que ajuda a reduzir o ciclo de vendas.

Isso acontece por conta dos conteúdos relevantes produzidos pela marca, que engajam os visitantes e os colocam mais cedo na etapa de decisão de compra.

5 – Redução de custos

Além de diminuir os custos de aquisição por cliente, o Inbound Marketing também é mais barato do que soluções tradicionais, como anúncios.

baixo custo do inbound marketing no ecommerce
baixo custo do inbound marketing no ecommerce

Neste caso, o menor custo não significa perda de qualidade… muito pelo contrário! Como essa estratégia se baseia na produção de conteúdo segmentado para o público-alvo, a qualidade e relevância são extremamente altas.

Dessa forma, você economiza e tem um orçamento maior para aplicar em táticas que realmente funcionam, escalando a estratégia de Inbound Marketing no seu Ecommerce.

Como usar o Inbound Marketing no Ecommerce

Só porque o Inbound Marketing é, na sua essência, mais barato do que outras estratégias de marketing, não significa que ele é mais fácil. Para te ajudar a aplicá-lo e usufruir dos seus benefícios, trouxe aqui um breve passo a passo com os estágios do conteúdo.

Preste atenção, porque as chances do seu Ecommerce aumentar as vendas ao fazer isso da forma correta são gigantescas…

Primeiro passo: Atrair

O tráfego é um dos fatores mais importantes para o sucesso de qualquer Ecommerce. Portanto, o primeiro passo é atrair novos consumidores em potencial para a sua marca.

atração de clientes
atração de clientes

Existem várias formas de fazer isso. No Inbound Marketing, a atração é feita através da criação de conteúdo relevante, como já te mostrei antes.

Mas lembre-se: o mais importante é a  qualidade das pessoas que serão atraídas. Por isso, esse conteúdo deve ser bem segmentado para atingir quem realmente importa.

Existem diversas formas de se fazer isso:

  • Blog: Para quem trabalha com Inbound Marketing, o blog é quase que uma obrigação. Ele é o principal canal de produção de conteúdos que uma marca pode usar para atrair novos clientes.
  • Site: Enquanto o blog “vende” o conteúdo, o site vende o produto real. Quando as pessoas entram no blog e gostam do conteúdo produzido, se sentem atraídos a pelo menos ver o que a marca oferece.
  • Redes sociais: Elas são ótimas escolhas para espalhar os conteúdos produzidos pela marca, alcançando o maior número possível de pessoas.
  • SEO: O Google é a fonte mais usada pelas pessoas para pesquisas feitas na internet. Por isso, utilizar boas técnicas de SEO é fundamental para uma boa estratégia de Inbound Marketing.

Converter

O próximo passo do processo do Inbound Marketing é a conversão dos visitantes em leads. Fazendo isso, você coleta as informações das pessoas mais engajadas com o seu conteúdo, podendo impactá-las depois com email marketing, por exemplo.

converter clientes usando inbound marketing no ecommerce
converter clientes usando inbound marketing no ecommerce

E sua loja não precisa de landing pages incríveis para conseguir essa conversão, como grandes marcas costumam fazer. Na realidade, você pode gerar leads mesmo que sequer tenha uma loja virtual ou site…

Se você vende apenas por marketplace, uma maneira de conseguir o contato dos seus clientes é enviando, junto com o produto, um bilhete com o seu contato e uma mensagem, como:

“Caso tenha alguma dúvida, queira esclarecer algo sobre o produto ou conhecer melhor a nossa marca, entre em contato conosco!”

Nas redes sociais, você pode fazer isso incentivando as pessoas a também entrarem em contato através do chat.

A partir daí, é possível desenvolver conversas para conseguir mais informações sobre esse cliente. Aí pode pedir para ele o email, dizendo que costuma enviar por lá ofertas exclusivas ou novidades bacanas.

O interessante é que essa estratégia vai trazer para você leads engajados de verdade, uma vez que vieram até sua loja de forma ativa.

Mas lembre-se sempre de oferecer algo em troca ao pedir pelo contato de alguém: um desconto, por exemplo. Esse é o mais comum.

Vender

Depois de atrair o público certo e converter parte dele em leads, o próximo passo é transformá-los em clientes.

Para isso, é muito importante saber em qual etapa da jornada de compra o seu potencial cliente se encontra. Alguns acabaram de virar leads, outros já são engajados há bastante tempo…

transformar leads em clientes
transformar leads em clientes

Nem todos os clientes em potencial estão dispostos a realizar a compra. Para saber quem se encontra em qual etapa, existem algumas estratégias que podem ajudar:

  • Email marketing: O envio de emails para o seu público fortalece o relacionamento com ele, baseado na característica de cada consumidor. Através dos emails, você consegue conhecer as necessidades e o nível de satisfação com o atendimento da marca.
  • Newsletter: A newsletter é como se fosse um boletim informativo, que é enviado regularmente, contendo conteúdo personalizado e atrativo. Ela ajuda a atrair os clientes até a sua marca.

Essas estratégias conduzem o cliente pelo funil de vendas, tornando-o mais propício a realizar uma compra.

Encantar

A sua tarefa não termina depois que você já tiver finalizado a venda. Afinal, o seu objetivo é fazer com que os clientes voltem regularmente à sua loja e comprem mais produtos.

encantar usando inbound marketing no ecommerce
encantar usando inbound marketing no ecommerce

Por isso, o pós-venda é essencial para fidelizar os consumidores. Se você conseguir fazer isso, é possível que esse cliente passe a promover a sua marca aos seus conhecidos, o que vai atrair ainda mais pessoas.

Para encantar seus clientes, você pode investir nas seguintes práticas:

  • Sucesso do cliente: Se o seu consumidor conseguir atingir os resultados que espera ao realizar a compra, provavelmente vai fazê-la novamente no futuro, e vai recomendar aos seus amigos que também façam o mesmo.
  • Relacionamento ativo: Mesmo depois que já tiver efetuado a venda, você não pode se esquecer do seu cliente. Envie mensagens e conteúdos relevantes com regularidade para manter o relacionamento ativo.
  • Conteúdo avançado: Faz sentido mandar um conteúdo de topo de funil para clientes ativos? Não. Por isso, crie conteúdos específicos para as suas próximas necessidades, mostrando uma preocupação real. Isso vai fazer com que eles se tornem leais à sua marca.

Potencializando suas ações de Inbound

Como você viu, o Inbound Marketing é uma ótima estratégia para se aplicar no Ecommerce e conseguir mais clientes e vendas.

O consumidor moderno quer mais informações antes de realizar uma compra, e o Inbound proporciona isso.

Mas para alcançar o maior número possível de pessoas, precisa ter tráfego.

Para te ajudar a construir essa base de visitantes para os seus conteúdos, o Bruno de Oliveira, CEO do Ecommerce na Prática, desenvolveu o treinamento Explosão de Tráfego e Vendas.

Nele, você vai aprender as técnicas e estratégias para multiplicar a audiência de suas páginas por meio de vídeos, fotos e conteúdos de valor nas principais plataformas de venda.

Não perca essa oportunidade! Saiba mais sobre o treinamento Explosão de Tráfego e Vendas!

QUERO ATRAIR MAIS CLIENTES!

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar88CompartilharTwittarPin88 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/como-usar-o-inbound-marketing-no-seu-ecommerce

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram