Grupo Premier

oBlog GP

Como evitar fraudes no Ecommerce na Black Friday

Como evitar fraudes no Ecommerce na Black Friday | Ecommerce na Prática

Compartilhar104CompartilharTwittarPin104 Compart.

Segundo o levantamento da Axur, o número de fraudes no Ecommerce aumenta em 200% em datas comemorativas. Na Black Friday, essa é uma das maiores objeções das pessoas ao comprarem online: ter o cartão clonado, oferecer informações demais, perder dinheiro… E o mesmo serve para quem está do outro lado vendendo o produto. 

Por isso, para vender bem, você precisa ter um site seguro e gerar confiança para sua audiência. Aprenda aqui como melhorar a experiência de compras dos clientes e evitar fraudes no seu Ecommerce.

Índice:

Como as Fraudes impactam seu Negócio

imagem03-04-2022-20-04-16
imagem03-04-2022-20-04-16

A fraude está diretamente relacionada ao roubo de dados

Para você ter uma ideia, a Axur, empresa líder no monitoramento de riscos digitais, realizou um estudo no último dia dos namorados. O estudo mostrou que em maio, um mês antes da data, foram registrados 390 casos de fraude no Ecommerce. Já em Julho, quando acontece o dia dos namorados, a Axur detectou 1050 casos.

Isso representa um aumento de 200%.

Em geral, é necessário informar dados pessoais durante uma compra online – desde o número do cartão até o endereço para entrega. É nessa hora que o roubo de dados acontece. Isso faz com que as pessoas tenham receio em realizar a compra, especialmente quando é um site que não conhecem.

Para quem compra, é frustrante. Para quem vende, uma dor de cabeça devido ao chargeback.

Por isso, é extremamente importante estar preparado para não prejudicar os clientes e nem a si mesmo.

Qualquer estresse na experiência de compra pode ser o suficiente para o cliente não ser fidelizado e nunca mais voltar a compra na sua loja.

Pior: pode ainda contar essa história para pessoas que conhece, fazendo com que cada vez menos gente tenha vontade de comprar com você e que a reputação da sua loja seja prejudicada.

A verdade é que fraude pode acontecer em qualquer site que não tenha segurança. Portanto, ignorar a proteção da sua loja virtual pode ser um barato que sai caro.

Assim, vou te mostrar aqui medidas que podem deixar o seu site mais seguro e evitar ao máximo roubos de dados:

1 – Certificado Digital de Segurança (SSL)

Quando você entra no site do Ecommerce na Prática, aparece no buscador do Google o seguinte domínio: https://ecommercenapratica.com/blog/, certo?

Esse “S” (em “https://”) significa que o nosso site tem o Secure Socket Layer (SSL), o que significa que é um site seguro. Em alguns navegadores, pode aparecer também um cadeado. 

black friday site seguro
black friday site seguro

O SSL é um Certificado Digital de Segurança que se tornou obrigatório em lojas virtuais. Ele criptografa todo os dados oferecidos pelo cliente, como senhas, número de cartão, endereços e muito mais.

Isso faz com que todos os dados estejam protegidos e que as informações não sejam acessadas por hackers. 

Além de gerar mais confiabilidade aos seus clientes, ele melhora o ranqueamento do seu site nas pesquisas do Google. 

Os buscadores identificam a segurança do seu site e acabam recomendando para possíveis clientes, enquanto algumas lojas que não são vistas como seguras ficam atrás nas pesquisas.

Leia mais: Técnicas de SEO: dicas para chegar ao topo do Google 

Outro benefício é que ele aumenta a quantidade de formas de pagamento do seu Ecommerce. Algumas empresas de crédito apenas autorizam o seu uso em plataformas que apresentam o Certificado Digital de Segurança. 

Quando você garante a segurança dos seus consumidores, a autorização para esses serviços se torna mais rápida e fácil, apresentando outras formas de pagamento.

Para colocar o Certificado na sua loja virtual, você pode contratar empresas de solução para web, como a Locaweb e a GoDaddy.

2 – Faça uma análise de fraude

black friday analise
black friday analise

Ninguém melhor do que você para identificar quando pedidos estranhos acontecem na sua loja virtual, principalmente se o seu negócio for pequeno.

Acompanhando as suas vendas, você consegue ter uma média de quantos pedidos saem por mês, quanto seus clientes costumam gastar na sua loja…

Se aparecer um número muito fora do normal, você já pode começar a suspeitar.

Nunca se iluda com pedidos muitos grandes e que não façam parte do padrão que os seus consumidores normalmente seguem.

Se você conta com um meio próprio para receber o pagamento dos seus clientes, ter um sistema de análise de risco desenvolvido por você mesmo pode fazer toda a diferença.

Preste atenção às compras muito fora do padrão da sua loja. Entre em contato com o consumidor, da maneira que puder, e confirme se está tudo certo.

Se for uma fraude, você evitou um grande problema. Se não for um erro, o cliente pode se sentir satisfeito ao perceber que você se preocupa com a segurança dele.

Ou seja, analisar o seu próprio negócio não tem erro.

3 – Intermediadores de pagamento

Se você não se sente bem para acompanhar sozinho a análise de fraude, pode ter uma ajuda com intermediadores de pagamento. 

Paypal, PagSeguro, MercadoPago: todos esses são intermediadores de pagamento responsáveis também por fazer análise de riscos.

Eles investem bastante em segurança para usuários, oferecendo um estudo de todos os processos e históricos dos compradores, diminuindo o número de fraudes. 

E, como o Certificado de Segurança, também aumentam a quantidade de forma de pagamento para sua empresa. Os intermediadores disponibilizam um número alto de bandeiras de Cartão de Crédito, integrações com bancos para transferências e muito mais.

Por isso, se o seu negócio já está ficando grande e difícil de receber manualmente os pagamentos, os intermediadores, além de facilitarem a sua vida, vão dar mais segurança ao seu negócio.

4 – Capacite quem trabalha com você

black friday equipe
black friday equipe

Se você tem uma equipe que te ajuda com o seu negócio, eles precisam estar preparados para qualquer situação. Fraudes principalmente.

Não adianta nada você ter um ótimo sistema de segurança se os seus funcionários não estão capacitados para lidar com informações sigilosas dos clientes.

Desde o funcionário que lida com atendimento, falando diretamente com o cliente, até o que lida com burocracia na administração precisa entender a importância de cada processo para evitar fraudes.

Reduza os seus riscos na Black Friday

A segurança do seu site é fundamental para fazer ótimas vendas durante a Black Friday. Segundo uma pesquisa do Google, 54% dos entrevistados afirmaram que a experiência de compra é o fator mais importante para compra no dia 29.

Aplicando essas dicas, você vai poder cumprir o fator mais buscados pelos consumidores, gerando várias vendas. 

Porém, além de manter o seu Ecommerce mais seguro, também é necessário ter estratégias de vendas que vão impulsionar o seu negócio na Black Friday.

E nós podemos te mostrar o melhor caminho para adquirir esse conhecimento.

Estou falando do Workshop Black Friday. Apresentado pelo Bruno de Oliveira, CEO do Ecommerce na Prática, nele você vai aprender métodos, dicas e estratégias para aproveitar todo o potencial da última sexta-feira de novembro.

Matricule-se agora no Workshop para ter excelentes resultados!

QUERO SABER MAIS SOBRE O WORKSHOP

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

Compartilhar104CompartilharTwittarPin104 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/como-evitar-fraudes-no-ecommerce

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram