Grupo Premier

oBlog GP

Capital social: você sabe o que é e como definir para uma empresa?

Capital social: você sabe o que é e como definir para uma empresa?

O capital social de uma empresa precisa ser tratado com muito cuidado e atenção, pois ele tem papel fundamental no desenvolvimento do empreendimento. Nesse sentido, saiba que ele é exigido ao abrir uma empresa, e o seu cálculo depende do tipo societário em que ela se encontra.

Dessa forma, é válido ressaltar que o capital social é que ocasiona a longevidade e a consistência em um negócio. Para isso, é essencial que tudo seja planejado de forma correta, para que problemas financeiros não ocorram no decorrer do tempo e o sucesso desejado seja alcançado.

Continue a leitura e saiba mais a respeito do capital social de uma empresa e sua importância!

O que é um capital social de uma empresa?

O capital social consiste em um valor pago pelos sócios do empreendimento. Ou seja, é o montante investido na nova empresa até que ela comece a gerar lucro. Para abrir um negócio, é fundamental investir algum dinheiro para que suas atividades se iniciem no mercado, já que é necessário comprar mercadorias, alugar ou comprar um ponto, contratar colaboradores, entre outras coisas.

Logo, todos os itens necessários no primeiro momento são pagos pelo montante investido pelos sócios, conhecido como capital social. Saiba que os valores não precisam ser, necessariamente, em dinheiro: pode ser em bens tangíveis, como máquinas e imóveis.

Para que todos os envolvidos estejam cientes dos valores investidos e para não ter contratempos, é fundamental que o capital social seja devidamente documentado no Contrato Social, depois de realizado um acordo entre todos os sócios. Assim, todos ficam por dentro de todo dinheiro que será depositado para a criação do negócio.

O valor investido é primordial para fazer o empreendimento funcionar, por essa razão, é essencial saber administrá-lo. Caso isso não ocorra, a empresa pode não alcançar o retorno do investimento feito e pode ficar no vermelho no final do mês — e os sócios poderão ficar no prejuízo. Com o passar do tempo, é preciso que eles recebam o valor investido de volta.

Logo, é necessário conhecer a respeito o que é capital social para fazer um bom investimento. Por essa razão, é fundamental ter cautela no momento de usar o dinheiro, para que não seja gasto com coisas desnecessárias.

Além do mais, é preciso estar ciente de que imprevistos podem acontecer a qualquer momento, por exemplo, atrasos, aumento no valor dos produtos e outros. Desse modo, é preciso ter um valor resguardado para possíveis gastos e, assim, garantir o pleno funcionamento do empreendimento.

O que é o capital social do MEI?

O Microempreendedor Individual (MEI) é um profissional autônomo que pode apresentar um faturamento anual de até R$81.000,00 (em 2022). Para o capital social dessa modalidade, não há um valor mínimo.

É válido ressaltar que o MEI não autoriza sócios. Portanto, para realizar o capital social dessa modalidade, é necessário fazer somente um registro do valor gasto para o começo das atividades, apenas para fazer um controle próprio, mas não é exigido por lei.

O MEI pode determinar o capital social, por exemplo, a partir do valor das ferramentas e dos produtos, somado aos tributos que precisam ser pagos para iniciar um negócio.

Como estabelecer o capital social?

Os lucros de uma empresa podem demorar a surgir, porém, é necessário determinar quanto tempo levará para conseguir um retorno. Assim, estipular um tempo mínimo para que isso ocorra já ajuda a estabelecer o capital social.

Após determinar esse ponto, é preciso estudar e registrar todas as etapas e materiais necessários para a comercialização dos seus serviços ou produtos. Além desses itens, é necessário saber outros pontos, por exemplo, pagamento de salários, aluguel, gastos com marketing etc.

Dessa forma, para estabelecer o capital social de forma correta, é essencial levar em consideração todos os gastos e recursos previstos para desempenhar a atividade no mercado.

Cada empresa tem um capital social específico, que precisa ser calculado conforme as diversas variáveis. Não é nada satisfatório estabelecer um capital social de qualquer jeito, portanto, é necessário analisar todos os pontos com cuidado e atenção, para que não faltem recursos.

Qual a importância do capital social?

Quando todas as despesas da empresa são planejadas, é possível evitar diversos problemas no decorrer de suas atividades. Ao decidir iniciar um negócio, é importante levar em conta os futuros gastos. O capital social precisa fazer parte da gestão estratégica de qualquer organização.

Atualmente, o mercado está muito concorrido, e qualquer falha que possa afetar as contas da empresa pode proporcionar adversidades irreversíveis. Assim, a gestão não deve se preocupar apenas com a parte operacional, é preciso muita atenção à parte financeira.

Esse montante é a quantia bruta que a organização necessitará para começar as suas atividades no mercado e se manter até conseguir um bom retorno com a comercialização dos seus serviços ou produtos. Após certo tempo, a receita obtida permitirá seu próprio sustento.

Dessa forma, é com o valor do capital social que a empresa pode começar suas atividades, mesmo que o fluxo de caixa ainda esteja inconsistente. Com ele, é possível ter dinheiro suficiente para investir na manutenção e na aquisição de mercadorias, o que é essencial. Com inteligência financeira, tudo dará certo.

Para conseguir se destacar da concorrência, é preciso estar sempre preparado para os imprevistos que possam surgir, já que nem todas as empresas estão preparadas financeiramente para situações que possam comprometer o seu desempenho. Por isso, antes de começar qualquer negócio, é preciso se reunir com todos os envolvidos para debater as diversas situações que podem surgir durante o caminho e, consequentemente, traçar estratégias eficientes.

Portanto, o capital social precisa ser definido pela empresa, pois é esse dinheiro que pagará as despesas iniciais e que ajudará no posicionamento da instituição. Os sócios não podem ficar com receio de fazer esse investimento, pois é esse dinheiro que permitirá o início da atividade da organização. Como vimos, a sociedade empresarial requer diversas ações para que consiga se destacar na área de atuação, logo, é necessário ter atenção.

Fonte: empresas.serasaexperian.com.br/blog/capital-social

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram