Grupo Premier

oBlog GP

Capacidade de pagamento de cliente: saiba por que avaliar!

Capacidade de pagamento de cliente: saiba por que avaliar!

Basicamente, o ritmo de crescimento de uma empresa depende do potencial de atrair seu público-alvo, fidelizá-lo e, assim, gerar uma receita satisfatória. Mas o sucesso desse ciclo depende de algo que costuma ser negligenciado: o monitoramento da capacidade de pagamento dos clientes.

Afinal, se conquistar um bom volume de clientes é importante, mais ainda é a conversão dessa frequência em lucro. Ao efetuar uma venda a prazo sem qualquer mecanismo de consulta de CPF e CNPJ, você conta apenas com a promessa de pagamento. Uma gestão profissional exige o uso de ferramentas analíticas para mensurar o risco de atrasos ou o não recebimento do valor esperado.

Quer saber por que sua empresa só tem a ganhar com isso? Confira, a seguir, os benefícios de realizar uma análise de crédito detalhada e precisa!

Evita a inadimplência

Até o momento que o pagamento da venda de determinado produto ou serviço seja concluído, sua empresa arca com todo o valor da transação. Estamos nos referindo ao pacote realmente completo, ou seja, às despesas e custos soma-se todo o período de espera pela entrada dos pagamentos.

Para administrar tudo isso e garantir que a taxa de inadimplência permaneça completamente sob controle, você precisa basear a concessão de crédito no maior número de aspectos possível. Usar a renda de um cliente como único parâmetro é arriscado, já que ela pode ser favorável, mas incoerente quanto à forma como é usada.

Suponha o caso clássico de um cliente que confirme um bom histórico de renda nos últimos três meses. Na hora da venda, é necessário verificar qual é comportamento financeiro dessa pessoa no período em questão.

A partir daí, é possível ter uma noção do comprometimento de sua renda com dívidas anteriores e o modo como ele costuma lidar com tais compromissos. Atrasos jamais devem passar despercebidos da área financeira da sua empresa. Além de apontar para um possível aumento da inadimplência, a demora para receber pode se transformar em uma bola de neve. Para visualizar o tamanho do problema, é preciso levar em conta quantos clientes podem demorar para pagar e qual seria a média de dias de atraso.

Com um bom acompanhamento, esses e outros pontos serão exibidos em dados confiáveis. Assim, você se antecipa a eventuais problemas de adimplência e já coloca em ação o plano de contingência relacionado à recuperação de dívidas.

Garante mais segurança

Trabalhando com produtos ou serviços, você deve saber exatamente qual é o valor de mercado de cada item. Com essa informação em mente, fica mais fácil estimar os possíveis impactos da ausência ou demora das contas a receber no caixa da empresa.

Caso a avaliação de crédito de um cliente seja negativa, será um sinal de que a venda a prazo de um bem de alto valor agregado deixa de ser vantajosa para quem vende. Imagine, ainda, que outro cliente paga, mas quase sempre com algum atraso.

Será que compensa arcar com esse gargalo? Ou melhor: seu negócio tem uma infraestrutura financeira sólida o bastante para isso?

Todo gestor que preze pela saúde do seu negócio não deve hesitar em colocar em prática o conjunto de medidas criadas para protegê-lo de quaisquer ameaças. Nem é preciso ir muito longe para concluir que clientes maus pagadores comprometem consideravelmente as finanças de uma organização.

Em médio e longo prazo, o acúmulo negativo tende a levá-la a fechar as portas. Nessa linha de raciocínio, o monitoramento da capacidade de pagamento dos clientes também funciona como suporte de sobrevivência e desenvolvimento da empresa.

À medida que fecha negócios baseados em uma maior quantidade de variáveis, você assegura que aquele capital reservado para reinvestimentos permanecerá intocável. No pior dos casos, ao menos a maior parte será preservada.

Permite o estudo de risco

Outro fator determinante para passar a seguir mais de perto o potencial de pagamento de clientes é o fortalecimento do estudo de risco. Vale ressaltar que a qualidade dessa análise, mais uma vez, está ancorada nos dados disponíveis para efetuá-la.

Desde que o processo de avaliação contenha todas as variáveis relevantes (encontradas durante a elaboração do planejamento estratégico da empresa), ele será decisivo para alcançar um estudo de risco aprofundado. Para tanto, é crucial que a pesquisa trabalhe com elementos específicos, como o registro e a recorrência de protestos ou negativação em nome do cliente.

Equilibra as finanças

A busca do equilíbrio das finanças de uma empresa nem sempre é fácil. Os profissionais do departamento financeiro precisam ficar de olho no saldo das contas a pagar e a receber o tempo todo. Tudo o que for previsível deve ser exposto e tratado via adoção de soluções previamente determinadas.

Um detalhe que merece atenção são os imprevistos e, é claro, a capacidade de os gestores lidarem com eles. No que se refere, particularmente, ao equilíbrio das contas, não deve haver muita discrepância entre o recebimento das vendas e o pagamento de fornecedores.

Quando isso acontece, a organização fica propensa a vivenciar significativos apuros financeiros. Ao perder a credibilidade perante parceiros importantes de negócio, sua empresa perde o poder de barganha. Todo esse estado de vulnerabilidade é evitado por meio do uso de um modelo de monitoramento de recebimentos contínuo.

Mantém a saúde financeira do negócio

Se pudéssemos resumir todas as vantagens mencionadas até aqui em um único aspecto, ele estaria vinculado à manutenção da saúde financeira do seu negócio. Para ser saudável, o caixa da sua empresa deve estar protegido em qualquer cenário, por mais inesperado que ele seja.

Você também não precisa — e nem deve — fazer tudo sozinho. Atualmente, os melhores gestores obtêm excelentes resultados devido à utilização de ferramentas modernas e eficazes. Uma delas é o Monitore Clientes, da Serasa Experian. Com essa solução, é possível:

  • ser notificado em caso de modificações em documentos dos seus parceiros de negócios;
  • acompanhar o CNPJ, tanto de clientes como de fornecedores.

As empresas que almejam o lucro sem um estudo apropriado dos riscos envolvidos no processo colocam sua própria existência em dúvida. Em vez de ignorar os riscos, é fundamental reconhecê-los e saber o que pode ser feito para eliminá-los ou minimizá-los.

Para isso, é essencial contar com um recurso feito especialmente para acompanhar a capacidade de pagamento dos seus clientes e parceiros. Com o Monitore Clientes, você manterá sua empresa mais segura e um passo à frente de qualquer problema que se avizinhe no horizonte.

Fonte: empresas.serasaexperian.com.br/blog/capacidade-de-pagamento

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram