Grupo Premier

oBlog GP

Bons ares digitais fluem de Foz do Iguaçu para escritórios criativos do mundo – Startupi

Bons ares digitais fluem de Foz do Iguaçu para escritórios criativos do mundo

Quinta-feira, 18 de agosto de 2011

“Inserimos o airflowing como um dos mandamentos de nossa agência, pois, entendemos a importância de deixar toda a equipe ciente de todas as etapas/comentários, de todos os Jobs em andamento. Com esse “mandamento” maximizamos o potencial de solução de problemas, possibilitando que pessoas, mesmo que fora da tarefa em questão, possam auxiliar na solução de problemas e contribuir no processo criativo.”

Assim falou um cliente do airflowing, produto da Flowing Concept.

Basicamente, o airflowing é um aplicativo remoto (SaaS), ou seja, um programa utilitário que roda no seu navegador (dispensando a instalação na sua máquina). E o que importa: o que ele faz? Ele gerencia de ponta-a-ponta equipes de trabalho tipicamente criativo. Designers, arquitetos, webdesigners, produtores, startups, tradutores, ilustradores, consultores e outros que eles indicam (especialmente pessoas de agências).

Sebastian Sastre, um dos responsáveis pela Concept lá em Foz do Iguaçu (Paraná), alega que o airflowing foi construído em torno de filosofias, não planejamentos. Quais filosofias? Do design enquanto experiência de uso. Que uso, mesmo? Permissionamento, fluxo de tarefas, contatos, discussões, agendamentos e tudo que você precisa cuidar quando precisa “fazer acontecer” e receber por isso. Outra filosofia é de desenvolver junto com as pessoas, e aí eles se puxaram: pela lista de agradecimentos, especificando como cada um contribuiu, dá pra ver que foi uma bela jornada em busca do estado da arte. E os feedbacks incluem Guy Kawasaky e Seth Godin.

imagem23-06-2022-20-06-27
imagem23-06-2022-20-06-27
Colunista (antigamente era Editor-chefe e Sócio-Diretor). Coautor do livro “Empreendedorismo Inovador” (Ed. Évora). Jornalista profissional com ênfase em Hipermídia, cursando MBA em Gestão Econômica e Estratégica de Mercados. Realizou trabalhos em metade do Brasil e em outros 4 países. Mais infos em diegoremus.com.

Fonte: startupi.com.br/2011/08/bons-ares-digitais-fluem-de-foz-do-iguacu-para-escritorios-criativos-do-mundo

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram