Grupo Premier

oBlog GP

imagem20-03-2022-21-03-49

Balança apresenta superávit de US$ 1,6 bilhão na terceira semana de agosto • OEconomista

Compartilhar Comércio Exterior

Balança apresenta superávit de US$ 1,6 bilhão na terceira semana de agosto

Autor: O Economista – 21 de agosto de 2008

Na terceira semana de agosto de 2008, entre os dias 11 e 17, a balança comercial brasileira registrou o melhor superávit comercial – diferença entre o valor exportado e o importado – semanal do ano: US$ 1,666 bilhão, com média diária US$ 333,2 milhões. No período, as exportações brasileiras somaram US$ 5,304 bilhões, com média diária de US$ 1,060 bilhão, segundo melhor desempenho semanal do ano, ficando atrás apenas da primeira semana de fevereiro, quando a média diária dos embarques internacionais somou US$ 1,069 bilhão. As importações, na terceira semana de agosto, chegaram a US$ 3,638 bilhões (média diária de US$ 727,6 milhões). A corrente de comércio (soma das exportações mais as importações) totalizaram US$ 8,942 bilhões.

A média das exportações da terceira semana do mês chegou a US$ 1,060 bilhão, cifra 8,1% maior que a média de US$ 981,5 milhões registrada até a segunda semana de agosto, em função de crescimento das exportações de básicos (+22,5%) – principalmente, petróleo em bruto, soja em grão, minério de cobre, café em grão, minério de manganês e milho em grão – e manufaturados (+1,4%) – com destaque para gasolina, autopeças, laminados planos de ferro e aço, açúcar refinado e suco de laranja não congelado. As exportações de produtos semimanufaturados registraram queda de 23,7%, por conta de açúcar em bruto, celulose, ferro-ligas e ferro fundido.

Na mesma comparação, as importações apresentaram retração de 19,7% explicada, sobretudo, pela diminuição nos gastos com combustíveis e lubrificantes, adubos e fertilizantes, equipamentos eletroeletrônicos, químicos orgânicos e inorgânicos, instrumentos de ótica e precisão e siderúrgicos.

Mês

Até o dia 17 de agosto (11 dias úteis), as exportações totalizaram US$ 11,193 bilhões, com média diária de US$ 1,017 bilhão, valor 55% superior ao desempenho médio diário registrado em todo mês de agosto do ano passado (US$ 656,5 milhões). Nessa comparação, foram observados aumentos nas exportações de básicos (+97,5%) – por conta de petróleo em bruto, minério de ferro, carnes suína, bovina e de frango, soja em grão, farelo de soja, café em grão, minério de cobre e fumo em folhas – semimanufaturados (+60,3%) – em função de semimanufaturados de ferro e aço, ferro-ligas, ferro fundido, celulose, óleo de soja em bruto, açúcar em bruto e alumínio em bruto – e manufaturados (+23,5%) – com destaque para suco de laranja não congelado, gasolina, máquinas e aparelhos para uso agrícola, etanol, medicamentos, aviões, tratores, óxidos e hidróxidos de alumínio, e máquinas e aparelhos para terraplanagem.

Sobre a média diária registrada em julho deste ano (US$ 889,3 milhões), houve um incremento de 14,4% por conta de crescimento nas vendas das três categorias de produtos: básicos (+21,7%), semimanufaturados (+10,8%) e manufaturados (+8,3%).

As importações, no mesmo período, acumularam US$ 9,074 bilhões – média diária de US$ 824,9 milhões. Ao se comparar o desempenho médio diário com o de todo mês de agosto do ano passado (US$ 502,5 milhões), verificou-se um incremento de 64,2%, e em relação à média diária registrada em julho último (US$ 745,6 milhões), as importações registraram alta de 10,6%. Em relação a agosto de 2007, aumentaram as compras de adubos e fertilizantes (+200,9%), combustíveis e lubrificantes (+122,4%), equipamentos mecânicos (+64,6%), instrumentos de ótica e precisão (+63,7%), veículos automóveis e partes (+52,0%) e produtos plásticos (+49,3%). Sobre julho de 2008, houve aumento nos importações dos seguintes produtos: farmacêuticos (+41,3%), combustíveis e lubrificantes (+26,0%), adubos e fertilizantes (+23,4%), equipamentos mecânicos (+16,3%) e instrumentos de ótica e precisão (+9,9%).

O superávit acumulado até a terceira semana de agosto foi de US$ 2,119 bilhões (média diária de US$ 192,6 milhões). Em comparação com o desempenho médio diário apresentado em agosto de 2007 (US$ 154 milhões), observou-se um crescimento de 25,1%. Em relação à média diária do superávit, em julho deste ano (US$ 143,7 milhões), a alta foi de 34,1%.

Ano

Nos 157 dias úteis acumulados no ano, de janeiro a 17 de agosto, a balança comercial brasileira somou exportações de US$ 122,291 bilhões, com média diária de US$ 778,9 milhões, cifra 29,4% maior que a registrada no mesmo período do ano passado (US$ 602 milhões). As importações no ano somaram US$ 105,519 bilhões, um desempenho médio diário de US$ 672,1 milhões – acréscimo de 52,4% sobre a média diária no mesmo período de 2007 (US$ 441,1 milhões). O saldo comercial no ano totaliza US$ 16,772 bilhões, com uma média diária de US$ 106,8 milhões, valor 33,6% menor que o registrado no mesmo período de 2007 (US$ 160,9 milhões).

Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

,

Comentários

Ainda não há nenhum comentário para esta publicação. Registre-se ou faça login e seja o primeiro a comentar.

Melhore sua saúde financeira e tenha uma vida melhor
Melhore sua saúde financeira e tenha uma vida melhor

Fonte: www.oeconomista.com.br/balanca-apresenta-superavit-de-us-16-bilhao-na-terceira-semana-de-agosto

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram