Grupo Premier

oBlog GP

imagem11-05-2022-11-05-22

Arrecadação em queda reduz rigor fiscal • OEconomista

Compartilhar Sem categoria

Arrecadação em queda reduz rigor fiscal

Autor: O Economista – 19 de março de 2009

Com a crise econômica afetando a arrecadação, o governo federal decidiu buscar um superávit primário (a parcela das receitas destinada ao abatimento da dívida pública) menor neste ano, informa reportagem de Fábio Zanini e Gustavo Patu na Folha. A previsão de crescimento do Produto Interno Bruto cairá de 3,5% para 2%, ainda acima das estimativas do mercado, de 0,59%. A arrecadação de tributos federais, em forte queda no primeiro bimestre, deverá ficar R$ 35 bilhões abaixo do previsto no Orçamento aprovado para este ano, apurou a Folha.

A redução do superávit primário, cuja meta deverá cair de 3,8% para algo mais próximo de 3,3% do PIB, também contribuirá para injetar mais dinheiro na economia. Para adotar a medida, o governo pretende usar um mecanismo avalizado pelo FMI que permite abater da meta o equivalente a 0,5% do PIB em despesas com obras prioritárias em infraestrutura. As decisões devem ser anunciadas oficialmente até sexta-feira.

Folha Online

, , , , , , , , ,

Comentários

Ainda não há nenhum comentário para esta publicação. Registre-se ou faça login e seja o primeiro a comentar.

Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda
Aprenda a organizar suas finanças, entenda mais de economia para fazer seu dinheiro render e conheça investimentos para incrementar sua renda

Fonte: www.oeconomista.com.br/arrecadacao-em-queda-reduz-rigor-fiscal

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram