Grupo Premier

oBlog GP

Aproveite o décimo terceiro para recuperar dívidas de clientes inadimplentes

Aproveite o décimo terceiro para recuperar dívidas de clientes inadimplentes

Todo final de ano, os trabalhadores com carteira assinada têm direito a receber um salário a mais do que os 12 recebidos ao longo do período. Você já pensou em aproveitar a época do décimo terceiro para recuperar dívidas?

Esse pode ser o momento ideal de fazer certas cobranças e acabar com a inadimplência — ou, pelo menos, reduzi-la. Afinal, os devedores devem ganhar um valor extra, e o ideal seria utilizar esse dinheiro para resolver suas pendências.

Pensando nisso, neste post, resumimos como fazer esse tipo de cobrança e aumentar as chances de receber pelas dívidas. Confira!

Por que o décimo terceiro salário pode ser uma boa oportunidade de recuperar suas dívidas?

O décimo terceiro salário é um benefício conquistado por todos que trabalham no regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), ou seja, com registro e carteira assinada. É um direito conquistado pelo ano trabalhado, sendo que o funcionário que ainda não completou o período de 12 meses de contrato deve receber um valor proporcional ao tempo dedicado.

No fim das contas, essa acaba sendo uma oportunidade para os trabalhadores se planejarem financeiramente. Por exemplo, alguns usam o dinheiro para fazer um investimento necessário em casa, como adquirir um novo eletrodoméstico. Outros guardam esse valor extra e há quem use para quitar as dívidas.

Por isso, quem está “do outro lado” deve aproveitar o momento para retomar as pendências e cobrar os valores devidos. Quem sabe, com esse dinheiro a mais, a situação pode ser resolvida, não é verdade?

A hora é agora!

Toda empresa ou comércio que lida com inadimplência deve pensar em uma estratégia de cobrança para o final do ano, que considere a vinda do décimo terceiro salário. Nesse caso, uma dica essencial é se programar com antecedência para não perder o timing certo. Em outras palavras, não espere demais!

É natural que o trabalhador também tenha uma programação para esse dinheiro, e o ideal é fazer a cobrança em um momento oportuno. Lembrar da dívida a tempo não deixa de ser uma tentativa mais eficiente de receber, certo?

Então, é importante não deixar para a última hora, até porque o décimo terceiro já pode ter sido gasto se você entrar em contato tarde demais. Faça uma lista dos clientes inadimplentes e aproveite os meses de outubro e novembro (que antecedem o recebimento do valor) para recordar a dívida.

Se preferir, comece até antes, mas sempre reforce a mensagem próximo ao recebimento da primeira parcela. O mais importante é não deixar passar muito tempo da dívida, porque isso reduz as chances de receber. Débitos antigos são bem mais difíceis de recuperar, saiba disso!

Como agir na cobrança?

Há muitas formas de fazer uma cobrança, e todas elas devem ser feitas com cuidado, respeito e visão estratégica. Caso contrário, você pode acabar perdendo tempo, ter uma taxa de resposta insatisfatória ou criar um problema ainda maior.

Uma das decisões mais importantes é escolher os meios de contato na hora de cobrar. Mensagens de e-mail, SMS, ligação telefônica e carta são alguns dos mais comuns. O próximo passo é pensar no conteúdo, principalmente, porque a abordagem de cobrança personalizada costuma ter maior eficácia.

Outro detalhe especial, nesse momento, é definir as opções que serão dadas para o cliente quitar a dívida. Divisão em parcelas? Desconto para pagamento à vista? Quais serão as formas de quitação? É preciso chegar com as soluções prontas para facilitar a resolução da pendência.

Muitas vezes, a agilidade do devedor em pagar a dívida depende de como você realiza a cobrança. Não fazer isso de maneira otimizada pode prejudicar os seus resultados, além de causar atritos. É preciso pensar em casos de resistência, falta de acordo, moedas de troca e argumentos que podem ser (ou não) usados.

Se você não tem tanta experiência com esse processo ou não quer ter dor de cabeça com isso, uma alternativa é terceirizar as cobranças. Contar com uma empresa especializada nesse tipo de serviço vai facilitar bastante.

Aqui na Serasa Experian, sabemos como fazer isso! Os serviços de cobrança para recuperação de dívidas são uma das nossas especialidades, o que pode envolver diferentes etapas — desde lembretes amigáveis até a negativação do devedor. Para entender melhor como nós te ajudamos a recuperar suas dívidas, clique aqui!

Como evitar a inadimplência?

Por fim, sabemos que lidar com dívidas é algo que pode acontecer com qualquer pessoa ou empresa. Ninguém está isento disso e, mesmo que algumas precauções sejam tomadas, essa é uma situação recorrente no mercado.

O que pode ser feito é tentar evitar a inadimplência. Uma boa análise antes de conceder crédito para clientes é uma das opções que ajudam a reduzir a probabilidade de ter inadimplentes, aumentando a segurança das suas relações comerciais e financeiras.

O Serasa Recomenda é uma ferramenta que avalia a situação de pessoas jurídicas e físicas para facilitar a sua tomada de decisão. Sabendo do histórico do seu cliente ou fornecedor com antecedência, você pode fazer escolhas mais conscientes e pensar nas condições de cada negociação.

Quer mais uma dica? O Saúde do Seu Negócio é a solução de monitoramento de CNPJs e CPFs que vai ajudar a cuidar da estabilidade financeira da sua empresa. Por exemplo, muitos golpes aplicados no mercado colocam em risco a sobrevivência de um negócio, o que poderia ser evitado com uma consulta prévia.

São muitos os casos de consultas que previnem as famosas ciladas. Quando o índice de risco de inadimplência é alto, isso quer dizer que você precisa agir de forma mais cautelosa com esse cliente, ou evitar o relacionamento com ele. É possível, ainda, receber alertas automáticos se houver alguma alteração de um perfil.

Agora que você já pensou sobre a possibilidade de usar o décimo terceiro para recuperar dívidas, sua próxima tarefa é criar estratégias para conseguir os resultados desejados. Afinal, infelizmente, o fato de seu cliente receber um dinheiro extra não quer dizer que ele vai pagar o que deve a você imediatamente, mas acredite nessa oportunidade e busque seus objetivos!

Quer conhecer melhor as nossas soluções? Entre em contato e saiba como a Serasa Experian pode ajudar na saúde financeira do seu negócio!

Fonte: empresas.serasaexperian.com.br/blog/aproveite-o-decimo-terceiro-para-recuperar-dividas-de-clientes-inadimplentes

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram