Grupo Premier

oBlog GP

A Era do M Commerce: 11 Motivos para Investir Pesado nesta Estratégia

A Era do M-Commerce: 11 Motivos para Investir Pesado nesta Estratégia | Ecommerce na Prática

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

O M-Commerce é uma versão personalizada da Plataforma de Ecommerce para dispositivos móveis. Nos dias de hoje, ter um M-commerce já não é um diferencial…

Essa estratégia é fundamental para manter as vendas da sua loja virtual, visto que a maioria das compras online são feitas através dos smartphones e tablets.

Além disso, devemos considerar o cenário de pandemia que estamos vivendo, no qual o Ecommerce se tornou protagonista em vendas. 

Desse modo, as lojas onlines que não apropriarem a usabilidade das plataformas para a versão mobile, visando a melhor experiência do usuário, terão sua performance afetada. 

Em vista disso, há outras vantagens que essa estratégia apresenta e são os 11 motivos que vamos apresentar para você investir pesado nela.

logo da v4 company
logo da v4 company

Tenha um diagnóstico EXCLUSIVO e totalmente GRATUITO da sua empresa agora mesmo clicando neste link.

Índice:

1- Compras

Os consumidores estão aderindo cada vez mais a realização de compras através de seus smartphones…

Uma pesquisa feita pelo Panorama Mobile Time/Opinion Box, em abril de 2020, aponta que 80% dos entrevistados aumentaram a frequência de compras pelo celular em comparação a seis meses atrás, passando de 85% para 91%.

Ainda, de acordo com um estudo da Latitude, cerca de 80% das pessoas afirmam ter um celular por perto e se tornam mais dispostas a descobrir novos produtos.

Nesse sentido, as empresas devem acompanhar as mudanças no comportamento dos consumidores e disponibilizar o seu produto/serviço de forma congruente às suas necessidades e preferências.

Assim, a partir do M-commerce bem estruturado, é possível alcançar o seu público no digital e oferecer uma experiência de qualidade a ele! 

2- Tráfego

Desde 2018, o Mobile já é a maior parte do tráfego e vem crescendo cada vez mais com a evolução dos canais digitais…

Ainda, um estudo recente indica que 80% do tráfego digital no fim de 2019 foi realizado a partir de dispositivos móveis.

Percebe-se que a maior parte dos consumidores está navegando pelos seus celulares e, por isso, as suas estratégias devem ser planejadas a partir dessa perspectiva. 

Portanto, atente-se para desenvolver o seu M-Commerce pensando em atrair os usuários para a sua página direto pelo mobile.

3- Ranking do Google

Desde 2019, o Google vem aplicando a indexação que prioriza dispositivos móveis, usando predominantemente a versão mobile de conteúdo nos processos de classificação e ranqueamento.

Tendo em vista que a maioria dos usuários fazem pesquisas no Google através de um dispositivo móvel, a ferramenta rastreia e indexa os sites que possuem esse formato.

Sendo assim, o Google possui uma lógica de Mobile First no seu ranqueamento.

Portanto, um M-commerce irá proporcionar um melhor posicionamento nas ferramentas de busca, sendo altamente recomendado pelo Google e contribuindo para o desempenho das suas páginas. 

4- Era Mobile

Análise de hábitos dos consumidores vem mostrando que estes preferem comprar pelo celular do que pelo computador. 

Verifica-se que pesquisar por produtos e fazer a compra direto pelo mobile é muito mais prático e rápido do que abrir o computador e ir atrás da loja.

Em uma pesquisa realizada pelo Panorama Mobile Time/Opinion Box, em setembro de 2019, mostra-se que 73% dos entrevistados realizam mais compras pelo smartphone do que pelo computador, um número bastante significativo.

As empresas vêm atentando-se a esse fator para aprimorar a plataforma na versão mobile. 

Já os novos negócios e mercados emergentes tentam acelerar o processo, “pulando” o desktop e se digitalizando direto pelo mobile.

Leia também: Mobile First: o que é e qual a importância para o Ecommerce

5- Visibilidade e Oportunidades

Hoje em dia, se você possuir um dispositivo móvel conectado à internet, é possível fazer qualquer tipo de transação e busca que for desejada. 

Ou seja, o mobile possibilita a compra em qualquer hora e lugar, sendo uma forma muito mais simples e ágil que demanda apenas alguns cliques na tela. 

Assim, aumenta as possibilidades, dispondo um fácil acesso ao usuário! 

Por exemplo, pode-se conferir os produtos e ofertas do M-commerce quando estiver na loja física, podendo ser uma forma de consulta e auxílio na compra do que deseja.

Segundo uma pesquisa da Deloitte, 60% dos consumidores acessam as lojas online através do seu smartphone enquanto estão nas lojas físicas e 50% deles fazem no caminho antes de chegar.

Desse modo, essa tecnologia oferece muitas oportunidades para as empresas, como a expansão de sua visibilidade e a compreensão profunda do seu público, podendo atingi-lo a todo momento. 

Com isso, as empresas devem desenvolver estratégias para se comunicar com os clientes e ofertar suas soluções a todo instante.

6- Integração com Canais

O M-Commerce possui uma melhor integração nativa com outros canais de comunicação, como as redes sociais e canais de atendimento e pagamento. 

Assim, você pode estar presente em diversas esferas, facilitando a comunicação e o engajamento dos clientes com a sua marca e aumentando a sua influência para impulsionar as vendas.

Utilizando os anúncios em redes sociais como exemplo, estes podem ser otimizados, pois é possível direcionar o consumidor direto para o seu M-commerce, de modo que ele não precise sair do aplicativo em uso e não tenha que fazer maiores esforços. 

Outro caso, em relação ao atendimento é que você pode direcionar o usuário direto para o Whatsapp da sua empresa

Além disso, você pode integrar carteiras digitais no M-Commerce, como a Apple Pay e o Google Pay, facilitando o pagamento. 

À vista disso, você estará se aproximando de um modelo omnichannel, potencializando a experiência dos seus clientes e promovendo soluções personalizadas a eles.

7- Evolução dos Planos de Dados Móveis

Os planos de dados de telefonias móveis estão avançando rapidamente no Brasil, tanto que a internet 5G já chegou. 

Essa internet cria uma transmissão de dados mais ágil, podendo ser adaptada às diversas necessidades da sociedade e da economia.

Com isso, a conexão é muito mais veloz e estável e o tráfego de dados se expande muito.

Nesse sentido, o M-Commerce pode se beneficiar bastante, pois a velocidade de carregamento impacta diretamente na jornada dos usuários e nos resultados. 

Com essa evolução, as lojas virtuais poderão acelerar os processos de conversão, a partir da otimização das suas páginas e da experiência de navegação.

8- Navegação Gratuita

A Navegação Gratuita é um incentivo extra para a compra, pois o M-Commerce pode oferecer acesso a internet para clientes visitarem o seu site ou aplicativo, arcando com os custos.

Desta forma, os usuários não são descontados dos pacotes de internet móvel, quebrando barreiras de acesso.

Como o celular é muitas vezes a primeira porta de entrada dos consumidores na sua página, essa ação vem ganhando enfoque no mercado! 

Isso acontece devido ao potencial para atrair mais usuários, além de ser uma boa estratégia para aumentar o tráfego e as conversões da sua loja online.

9- Faturamento

Com o aumento expressivo das vendas por M-Commerce, o faturamento cresceu junto. No Brasil, esse crescimento representou 42% da receita total do Ecommerce (2019). 

O valor foi de 26 bilhões, apresentando um crescimento de 55% em relação ao ano anterior. 

Em um estudo realizado pela Adobe, identificou que os consumidores gastam cerca de 50% a mais ao comprar via dispositivos móveis do que pelo computador

Ainda observa-se que os usuários de tablets tendem a comprar 3 vezes mais do que os de smartphones, podendo ser um ponto a ser explorado. 

10- Pandemia

No cenário atual de pandemia que estamos vivendo, as vendas por canais digitais cresceram exponencialmente e foram a solução para a maioria dos negócios em uma escala global. 

Com o fechamento constante de comércios físicos, se inserir no meio digital foi e está sendo questão de sobrevivência. Para você ter uma ideia, as vendas online cresceram 41% em 2020.

No Brasil, cerca de 72% da população comprou algum produto por aplicativo durante a pandemia, de acordo com uma pesquisa feita pelo Ebanx.

Provavelmente, esses novos hábitos permanecerão e continuarão se potencializando em um cenário normalizado.

Assim, aponta-se que investir em um M-Commerce é essencial, visto que os dispositivos móveis ocupam grande espaço na vida e na rotina dos consumidores.

11- Futuro

O M-Commerce já não é uma tendência… É algo que veio para ficar e entrega ótimos resultados para as empresas! 

Se refletirmos um pouco, quando um consumidor navega em seu celular com o intuito de fazer uma compra de determinado produto, e cai em um site desfigurado para o Mobile, há grandes chances de que ele continue buscando por uma melhor opção.

Além de complicar a experiência da compra, a marca passa uma imagem menos confiável para o usuário, aspecto chave para as vendas online.

Afinal, as empresas precisam oferecer mais segurança do que nas lojas físicas, nas quais o cliente pode ver, experimentar e analisar o produto. 

Assim sendo, há um futuro promissor para o M-Commerce, em que os números tendem a continuar crescendo, sendo fundamental para permanecer competitivo no mercado. 

Conheça a V4 Company!

Se você precisa de ajuda para executar estratégias de marketing para vender online, a V4 Company é a sua melhor opção.

Como uma assessoria de Marketing Digital que implementa e aprimora processos de vendas através da internet, a V4 conta com mais de 200 escritórios por todo o Brasil, com mais de 600 profissionais Cientistas de Marketing prontos para atender o seu negócio.

Com mais de 1.500 clientes atendidos em 20 países, dentre eles o Spotify, a V4 tem como foco vender o seu produto para mais pessoas, mais vezes e pelo maior valor…

Ou seja, nos seus resultados.

Tenha um diagnóstico EXCLUSIVO e totalmente GRATUITO da sua empresa agora mesmo clicando neste link: 

EU QUERO ESCALAR MEUS RESULTADOS

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/blog/a-era-do-m-commerce

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram