Grupo Premier

oBlog GP

5 regras de ouro para criar a descrição perfeita de um produto

5 regras de ouro para criar a descrição perfeita de um produto | Ecommerce na Prática

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Para viver de Ecommerce não basta ter um bom produto e preços competitivos. Depois de atrair pessoas para sua página, é importante ter uma descrição perfeita para converter um visitante em um comprador. Veja 5 regras de ouro que você tem que seguir para impulsionar as vendas:

descrição perfeita
descrição perfeita

1 – A descrição perfeita do produto

Todo mundo já deixou de comprar na Internet por que não tinha certeza se o produto atendia suas necessidades. Por isso, disponibilize todas as informações técnicas. Descreva detalhadamente a matéria prima utilizada. Por exemplo: Se vende roupas, explique qual a composição de tecidos. Caso venda móveis, diga de qual tipo de madeira ou metal são feitos. Não apenas são informações fundamentais para o comprador, como são palavras-chave importantes para o SEO e melhor posicionamento do seu site nos buscadores.

Além disso, é fundamental colocar as medidas dos itens que estão no seu catálogo. No vestuário, os tradicionais P, M e G não são suficientes. A descrição perfeita consiste em mostrar exatamente quanto mede cada parte da roupa, aumentando a conversão e evitando devoluções. Essa regra não vale apenas para quem vende roupas. Lojas virtuais de decoração, brinquedos e todo tipo de Ecommerce deve estar atento às medidas.

Para facilitar, uma dica é pedir a ficha técnica diretamente para o fabricante e adaptá-la à sua página. Ao invés de copiar e colar, mude a linguagem para ficar mais interessante. Outras informações importantes são a procedência e qualquer detalhe que possa influenciar na decisão de compra.

 

2 – A linguagem ideal

Qual é a linguagem ideal para vender? Depende de quem você quer impactar. Tenha em mente os hábitos e preferências da sua persona. Afinal, um alto executivo interessado em um relógio de grife não fala do mesmo jeito que uma jovem procurando roupas para baladas. Adapte o discurso de acordo com a faixa etária e os costumes do seu público-alvo. Por exemplo: alguns grupos reagem muito bem a gírias, enquanto outros acham esse tipo de recurso pouco profissional. Além disso, a descrição perfeita passa por criar uma identidade para sua marca. Imagine sua empresa como uma pessoa. Como ela fala? Para quem ela fala? Se você vende queijos de Minas Gerais, faz sentido que use expressões regionais na comunicação. Se vende para o público nerd, é legal citar referências de super-heróis. Isso pode ser um diferencial e aproximar o cliente do seu Ecommerce.

 

3 – Clareza e objetividade para vender mais

Seja para quem for que você quer vender, escreva de forma clara e objetiva. Apesar de ser crucial que se faça uma descrição perfeita do produto, ela não precisa ser um documento de duas páginas. Quase ninguém vai ler e acaba confundindo um possível comprador. Destaque termos considerados decisivos para o cliente. Por exemplo: 100% algodão, produto importado, 5 anos de garantia. Esse tipo de ação facilita a leitura.

Outra boa prática é criar subtítulos para a descrição. Fica mais fácil categorizar as informações para que o cliente leia apenas o que ele considera prioridade. Ao comprar um celular, por exemplo, há pessoas que querem ler cada centímetro de informação técnica. Outras, precisam apenas saber a cor, o modelo e a marca. Em alguns casos, é mais interessante criar uma lista com detalhes do produto do que um texto corrido muito extenso. Pense no que o seu público vai achar melhor.

descrição perfeita
descrição perfeita

4 – SEO e palavras-chave

Além de facilitar a leitura, usar palavras-chave corretamente também melhora a colocação da sua página em buscadores. Estude sobre SEO (Search Engine Optimization) e como ele impulsiona seu site e suas vendas. Uma dica é usar o Google Keyword Planner para identificar quais termos são mais procurados e as palavras que o público mais pesquisa na internet. Se sua loja não estiver visível em uma boa área, é muito improvável que os compradores consigam chegar até ela.

 

5 – Ir além do produto

A descrição perfeita não é apenas uma ficha técnica. É importante ir além das questões de medida e matéria-prima para ter resultados ainda melhores. Quem tem um Ecommerce de alimentos deve investir em palavras que remetam a sabor, aroma e textura para tornar a experiência ainda mais intensa. No vestuário, é importante explicar que a blusa de seda não é apenas uma blusa de 60 cm de comprimento e 40 cm de largura. Ela é leve, fresca… Uma bota de escalada não é apenas “de couro”. Ela é resistente, com couro legítimo e costuras reforçadas. Esses gatilhos ajudam o cliente a materializar o produto e o estimulam a realizar a compra.

 

Não deixe de seguir as regras de ouro e crie sua própria descrição perfeita!

Clique aqui para receber mais conteúdo e saber tudo sobre Ecommerce.

A maior escola de Ecommerce do Mundo.

CompartilharCompartilharTwittarPin0 Compart.

Fonte: ecommercenapratica.com/descricao-perfeita

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram